Governo do Pará tem 10 dias para promover saúde em comunidades ribeirinhas

Promoção à Saúde

Publicado em 12/05/2020 - 11:15 Por Beatriz Albuquerque - Brasília

Diante do aumento rápido de casos da Covid-19 no Pará, o Ministério Público Federal enviou recomendações ao governo do estado e à prefeitura de Maracanã, cidade no nordeste paraense, pedindo providências urgentes que evitem a propagação da doença entre comunidades ribeirinhas do município e o atendimento rápido para os casos confirmados.

 

De acordo com informações que o MPF teve acesso, a Vila Algodoal, na cidade de Maracanã - teria apenas um posto de saúde, com um médico, para atender a comunidade local e as vilas vizinhas; e os atendimentos só aconteceriam duas vezes por semana. Além disso, faltam equipamentos e remédios na unidade.

 

Na prática, os procuradores pedem que sejam providenciados equipamentos de proteção individual para profissionais de saúde, leitos hospitalares, ventiladores mecânicos, reanimadores, cilindros de oxigênio, oxímetro, medicamentos e outros recursos materiais e humanos necessários ao atendimento.

 

Toda essa estrutura deve ter capacidade para atender os povos ribeirinhos da Vila de Algodoal, de todas as demais comunidades ribeirinhas da Ilha de Maiandeua e comunidades vizinhas localizadas na Reserva Extrativista de Maracanã.

 

Essas são apenas algumas das medidas recomendadas pelo MPF, que também incluem a implementação de um plano de contingência em saúde para surtos e epidemias, a vacinação contra gripe de todos os povos ribeirinhos, além do fornecimento de alimentos e materiais de higiene para população.

 

Depois do recebimento da autuação, os governos estadual e da cidade de Maracanã terão dez dias para cumprirem as medidas indicadas.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Governo zera imposto de remédio para tratamento de câncer

Também não será cobrado o imposto de importação de produtos utilizados por pessoas com deficiência, como alguns tipos de próteses endoesqueléticas transfemurais e teclados especiais para computadores e softwares.

Baixar arquivo
Geral

Crise hídrica é tema do programa Brasil em Pauta deste domingo (19)

Programa recebe o secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Christiano Vieira, para falar sobre iniciativas do governo para reduzir os efeitos da seca.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Bombeiros controlam fogo na região da Chapada dos Veadeiros, em Goiás

O incêndio começou domingo (12) no local conhecido como Vale da Lua e não chegou a atingir o Parque Nacional da Chapada. Foram queimados o equivalente a 12 mil campos de futebol.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

MPF recomenda que Funai renove portarias que protegem terras indígenas

As portarias são as únicas formas de proteção das áreas e dos povos isolados. O fim da validade dos documentos expõe os territórios ao risco de grilagens e ocupações irregulares.

Baixar arquivo
Saúde

Idosos de 84 a 89 anos podem tomar terceira dose nesta semana no Rio

Pacientes com alto grau de imunossupressão, maiores de 60 anos , também poderão se vacinar

Baixar arquivo
Segurança

Fiocruz supera 4,5 milhões de vacinas na semana

Com a entrega, a Fiocruz alcança a marca de 96,5 milhões de doses disponibilizadas ao Programa Nacional de Imunizações. 

Baixar arquivo