Rio registra aumento de leitos hospitalares pela 1ª vez em 10 anos

Número ainda é insuficiente

Publicado em quinta-feira, 13 Agosto, 2020 - 18:03 Por Tatiana Alves - Rio de Janeiro

Após a perda de 16 mil leitos hospitalares, apenas entre 2011 e 2019, o Rio de Janeiro viu, em 2020, pela primeira vez, aumento no registro de vagas nas unidades de saúde.

De acordo com dados do Conselho Federal de Medicina, após a chegada da pandemia de Covid-19, o número de leitos chegou, em junho, a mais de 22 mil leitos em todo o estado. Ainda assim, o total é aquém do esperado, já que, em 2011, esse número superava os 32 mil.

Boa parte dos leitos existentes hoje é temporária, principalmente, os dos hospitais de campanha destinados a atender apenas pacientes diagnosticados com o novo coronavírus.
Médico do Hospital Geral de Bonsucesso e ex-diretor do Sindicato da categoria, Julio Noronha, levou o caso à Defensoria Pública da União e ao Conselho Federal de Medicina, que fizeram uma pesquisa mais aprofundada e chegaram ao déficit de 7.000 leitos, em 2018. Somado a esses problemas, o médico relata que cerca de 54% da mão de obra pode se aposentar e que não há concurso desde 2010. Noronha aponta o que poderia ser feito para resolver a questão.

O estado do Rio de Janeiro foi o que mais perdeu leitos, inclusive do Sistema Único de Saúde (SUS). Em todo o Brasil nos últimos nove anos, quando o número de vagas hospitalares caiu de 48.953 para 32.456 – um decréscimo de 34% . O presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado, Walter Palis, argumenta que essa redução só se justificaria se houvesse tido melhora na saúde da população.

O presidente do Conselho Regional de Medicina destacou ainda que, em algum momento, faltarão leitos para tratamento de doenças que não sejam covid-19, devido à má gestão de recursos para ampliar o atendimento em unidades de saúde.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Educação

Alagoas retoma aulas presenciais para adultos na próxima semana

Cursos de todos os segmentos estarão autorizados a funcionar: ensino superior, pré-vestibular, profissionalizantes, técnicos, de línguas estrangeiras e de formação para servidores públicos. Segundo o governador Renan Filho, a situação epidemiológica da Covid-19 no estado está favorável a esse retorno.

Baixar arquivo
Geral

Cemitérios não vão receber visitantes no Dia de Finados

A  pandemia do novo coronavírus acabou alterando até a tradição do Dia de Finados, celebrado em 2 de novembro no Brasil. Muitos cemitérios municipais decidiram não abrir as portas na data, com receio das aglomerações.

Baixar arquivo
Saúde

UFRJ lamenta morte de ex-aluno voluntário de vacina da Covid-19

O ex-aluno João Pedro Rodrigues Feitosa, de 28 anos, morreu por complicações da Covid-19. O médico carioca era um dos voluntários dos testes da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca.

Baixar arquivo
Educação

Audiência propõe condições sanitárias para professores voltarem

Uma proposta de mediação para o retorno dos profissionais de educação da rede estadual do Rio de Janeiro às escolas foi apresentada em uma audiência de conciliação realizada nessa 

Baixar arquivo
Segurança

Norte e Nordeste têm maiores taxas de assassinato do país

Segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2020, a região Norte registra as maiores taxas de assassinatos, 52% acima da média nacional. Em 2019, morreram, em média nos 7 estados do Norte, 34 pessoas assassinadas para cada grupo de 100 mil habitantes. No Nordeste, essa taxa foi de 32 mortes a cada 100 mil habitantes no ano passado, 41% a mais que a média nacional.

Baixar arquivo
Cultura

Bienal do Livro do Rio promove festival online neste final de semana

A Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro vai conectar o público com o universo dos livros em um evento online e gratuito neste fim de semana, dias 24 e 25 de outubro.

Baixar arquivo