Transplantes de órgãos diminuem no Brasil durante pandemia

Redução em relação ao ano passado foi de 37%, segundo governo

Publicado em 24/09/2020 - 19:48 Por Victor Ribeiro - Brasília

Mais de 46 mil brasileiros esperam a doação de órgãos e tecidos para voltarem a viver normalmente. Mas, durante a pandemia do coronavírus, o número de transplantes no país diminuiu. De acordo com o Ministério da Saúde, de janeiro a julho deste ano, foram feitos 9.952 transplantes no país. No mesmo período do ano passado, 15.827 pessoas receberam órgãos doados. De um ano para o outro, a redução foi de 37%.

Para tentar reverter ou amenizar essa queda, entra no ar nesta sexta-feira (25), uma campanha publicitária para incentivar a doação de órgãos e sensibilizar familiares a respeitar essa vontade após a morte do ente querido. A data foi escolhida porque este domingo, 27 de setembro, marca o Dia Nacional de Incentivo à Doação de Órgãos.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, destacou a importância dos transplantes.

Além da pandemia do coronavírus, em si, os efeitos dela também impactaram negativamente na doação de órgãos. Isso porque a redução dos voos comerciais prejudicou a logística para transporte de órgãos e de equipes médicas. A consequência foi que os transplantes de coração e de medula óssea diminuíram 25% este ano. E o de córnea reduziu 51%.

Mas, quando foi possível fazer a doação, as famílias cooperaram mais este ano do que em 2019. No ano passado, 40% das famílias não autorizaram a retiradas de órgãos e tecidos para transplante. Neste ano, a taxa de recusa familiar caiu para 37%. Essa redução é importante porque, independente da vontade da pessoa que morrer, é a família quem decide se autoriza ou não a doação.

O Brasil possui o maior programa público de transplante de órgãos, tecidos e células do mundo, acessível a toda a população por meio do Sistema Único de Saúde, que financia 95% dos transplantes no país. Para sensibilizar as famílias e ampliar as doações, a campanha lançada nesta sexta terá o slogan “Doe órgãos. A vida precisa continuar” e ficará no ar até o dia 23 de outubro.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Cultura

ONU anuncia mais 175 livros infantis para Clube de Leitura ODS

A ONU tem um desafio a ser cumprido até 2030: são os objetivos do desenvolvimento sustentável. E esse assunto também deve ser conhecido pelas crianças. Foram anunciadas as 175 obras escolhidas para aumentar o Clube de Leitura dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Baixar arquivo
Esportes

Atlético-MG recebe São Paulo neste domingo no Mineirão

Atlético-MG e São Paulo precisam concentrar forças para o Campeonato Brasileiro. Galo e Tricolor passaram por dificuldades nas duas primeiras rodadas e perderam pontos que podem ser preciosos no fim da competição.

Baixar arquivo
Geral

Ministério de Direitos Humanos lança campanha contra trabalho infantil

12 de junho é o Dia Internacional e Nacional de Combate ao Trabalho Infantil. No Brasil, é ilegal qualquer tipo de trabalho realizado por crianças ou adolescentes com menos de 16 anos, independentemente da finalidade ou remuneração.

Baixar arquivo
Geral

Criminoso mais procurado do Rio é morto em ação da Polícia Civil

A Polícia Civil do Rio de Janeiro capturou neste sábado (12) Wellington da Silva Braga, conhecido como Ecko, chefe da maior milícia em atividade do

Baixar arquivo
Esportes

Seleção venezuelana confirma 12 casos positivos para covid-19

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que foi notificada pela Confederação Sul-americana de Futebol, a Conmebol, nessa sexta-feira (12), de que 12 integrantes da seleção venezuelana de futebol, entre

Baixar arquivo
Geral

Queiroga diz que todos os brasileiros devem ser vacinados este ano

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, assegurou neste sábado (12), que todos os brasileiros com mais de 18 anos deverão estar vacinados contra a covid-19 até o final deste ano.

Baixar arquivo