Governo comenta suspensão de testes da vacina Coronavac

Segundo vice-presidente motivos da interrupção devem ser apurados

Publicado em 10/11/2020 - 13:42 Por Anna Luisa Praser - Brasília

O vice-presidente Hamilton Mourão comentou a suspensão pela Anvisa dos testes da Coronavac - a vacina de origem chinesa no Brasil. De acordo com Mourão, os motivos da interrupção devem ser apurados.

"Em relação à vacina, vocês sabem que todo e qualquer processo de vacina sofre avanços e recuos. Vamos lembrar que aquela outra vacina de Oxford também teve a sua testagem interrompida quando houve um óbito aí nas pessoas que eram do grupo que estava sendo submetida a esse teste. Então é o mesmo procedimento com essa. Agora tem que ser analisado o porquê, até porque de acordo com os dados disponíveis a pessoa não estava com covid. Tem que ver o que aconteceu". 

O presidente Jair Bolsonaro também se manifestou sobre a suspensão dos testes da Coronavac. Mais cedo, respondeu a um seguidor reafirmando que a vacina contra a covid-19 não será obrigatória. Ele também falou sobre o assunto ontem a noite, em Live nas redes sociais. Na ocasião, ele disse que o governo vai comprar e disponibilizar qualquer vacina contra a covid-19 que passar pelo aval do Ministério da Saúde e for certificada pela Anvisa.

Especificamente sobre a Coroavac, a Anvisa informou nesta terça-feira (10), que vai dar explicações sobre as interrupções dos estudos da vacina paralisados. Esses estudos foram paralisados nessa segunda-feira (09) para investigar um evento adverso grave com um voluntário da pesquisa. 

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Ministério de Direitos Humanos lança campanha contra trabalho infantil

12 de junho é o Dia Internacional e Nacional de Combate ao Trabalho Infantil. No Brasil, é ilegal qualquer tipo de trabalho realizado por crianças ou adolescentes com menos de 16 anos, independentemente da finalidade ou remuneração.

Baixar arquivo
Geral

Criminoso mais procurado do Rio é morto em ação da Polícia Civil

A Polícia Civil do Rio de Janeiro capturou neste sábado (12) Wellington da Silva Braga, conhecido como Ecko, chefe da maior milícia em atividade do

Baixar arquivo
Esportes

Seleção venezuelana confirma 12 casos positivos para covid-19

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que foi notificada pela Confederação Sul-americana de Futebol, a Conmebol, nessa sexta-feira (12), de que 12 integrantes da seleção venezuelana de futebol, entre

Baixar arquivo
Geral

Queiroga diz que todos os brasileiros devem ser vacinados este ano

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, assegurou neste sábado (12), que todos os brasileiros com mais de 18 anos deverão estar vacinados contra a covid-19 até o final deste ano.

Baixar arquivo
Geral

Cristo Redentor é iluminado de vermelho contra trabalho infantil

O monumento ao Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, vai ser iluminado com a cor vermelha a partir das 18 horas deste sábado (12).

Baixar arquivo
Geral

Políticos repercutem a morte de Marco Maciel, aos 80 anos

Morreu neste sábado (12), o ex-vice-presidente da República Marco Maciel, aos 80 anos, em Brasília.

O político, nascido em Pernambuco, esteve no cargo entre 1995 e 2002, eleito junto com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Ele era filiado ao PFL, hoje DEM.

Baixar arquivo