MP do Rio faz campanha contra irregularidades na vacinação para covid

Publicações alertam que a fila de prioridades deve ser respeitada

Publicado em terça-feira, 26 Janeiro, 2021 - 12:44 Por Cristiane Ribeiro - Rio de Janeiro

O Ministério Público do estado do Rio de Janeiro decidiu usar as redes sociais para se aproximar da população e convencer as pessoas a denunciar fura-filas ou aqueles que cometem outras irregularidades na vacinação contra a Covid-19.

As publicações do MP alertam que a fila de prioridades deve ser respeitada rigorosamente e que os agentes públicos que furam fila da vacina respondem por prevaricação, improbidade administrativa e dano coletivo.

A campanha do Ministério Público do estado, iniciada nessa segunda-feira (25), também chama atenção para a importância de não relaxar com os cuidados e medidas de proteção, como o uso de máscaras, higienização das mãos e outras ações preventivas. 

A promotora de Justiça, Márcia Lustosa, destaca que neste momento é fundamental que as pessoas exerçam a cidadania e colaborem para que as vacinas cheguem aos grupos mais vulneráveis, como é o caso dos idosos e pessoas com deficiência, profissionais de saúde da linha de frente e das comunidades indígenas.

E enfatiza que todo cidadão é um fiscal em potencial e pode denunciar abusos e irregularidades.

Nos primeiros 10 dias da campanha Nacional de vacinação no estado, o órgão recebeu 33 denúncias de pessoas imunizadas irregularmente. De acordo com o MP, todas as denúncias serão investigadas e encaminhadas à justiça.

Além da campanha nas redes sociais o Ministério Público está com equipes nos 92 municípios fluminenses para averiguar irregularidades na vacinação. As denúncias devem ser encaminhadas à ouvidoria do órgão, com o preenchimento de um formulário disponível no portal. Por telefone o número é 127, whatsApp 21 99366 3100 ou, ainda, pelas redes sociais.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Economia

Postos de combustíveis vão receber dispositivo de certificação digital

Quem tem carro, moto ou caminhão sabe que as despesas com o combustível estão pesando cada vez mais no bolso.

Baixar arquivo
Geral

Pará entra no período de alta safra da pupunha e produção do palmito

Em época de alta safra da pupunha no Pará, especialista chama a atenção para mais investimentos neste mercado. 

Os detalhes com João Paulo Seabra Rádio Cultura FM de Belém. 

Baixar arquivo
Educação

No Ceará, pesquisa vai mapear participação feminina na universidade

Uma pesquisa realizada pela Universidade Federal do Ceará vai avaliar qual a participação feminina no ambiente acadêmico. Duas estudantes querem descobrir quais são os principais desafios e obstáculos que impedem o seguimento nos estudos.

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Lançado neste domingo na Índia o 1º satélite 100% brasileiro

O 1º Satélite 100% Brasileiro foi lançado na madrugada deste domingo (28) da Base Espacial da Índia. O satélite "Amazônia-1" faz parte da Missão Amazônia, criada para monitorar e fornecer dados sobre o desmatamento na Região Amazônica.

Baixar arquivo
Economia

Conta de luz terá bandeira amarela em março

Apesar das chuvas intensas, nível dos reservatórios ainda é baixo

Baixar arquivo
Saúde

Vacinação de idosos com 79 anos ou mais começa segunda (1º) no Rio

Em seu perfil em uma rede social, prefeito Eduardo Paes informou que os postos de saúde vão aplicar a vacina entre a segunda e a quarta-feira, e que um novo cronograma será anunciado assim que novas doses da vacina chegarem.

Baixar arquivo