DF terá agendamento da segunda dose da CoronaVac pela internet

Marcação não é obrigatória; intenção é diminuir aglomeração em postos

Publicado em 18/02/2021 - 21:11 Por Gésio Passos - Brasília

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal lançou, nesta quinta-feira, o agendamento para a segunda dose da vacina contra o coronavírus. O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, afirma que a ferramenta é importante para evitar aglomerações nos postos.

A marcação poderá ser feita entre os dias 22 e 26 de fevereiro. Serão disponibilizadas 18 mil vagas em 11 unidades de drive-thru distribuídas pela capital do país.                                                                                                  

Para a marcação pela internet é preciso preencher um cadastro com o número do cartão nacional de saúde, a data da primeira dose e de qual o laboratório foi a vacina tomada. O agendamento poderá ser feito pelo site vacina.saude.df.br.

Osnei Okumoto afirma que mais doses da vacina devem chegar no dia 23 de fevereiro. Mas o secretário acredita que não haverá riscos de faltar vacinas no DF.

Só será agendada a segunda dose para quem recebeu a vacina CoronaVac, do laboratório Sinovac com o Butantan, que precisa ser tomada de 14 a 28 dias a partir da primeira dose. A segunda dose da vacina da AstraZeneca com o a Fiocruz ainda não será agendada, pois o prazo entre as duas doses desse imunizante é de 12 semanas.

O agendamento não é obrigatório. Quem preferir, poderá ir até um posto de saúde diretamente para se vacinar. Até quinta-feira, mais de 114 mil pessoas tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid no Distrito Federal.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

STJ decide que plano de saúde deve custear remédio de canabidiol

O Superior Tribunal de Justiça determinou que uma operadora de plano de saúde forneça medicamentos à base de canabidiol a um paciente diagnosticado com epilepsia grave. O canabidiol é extraído da Cannabis sativa, planta conhecida como maconha.

Baixar arquivo
Política

PEC dos Precatórios deve ser votada nesta quarta na Câmara

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, marcou para esta quarta-feira a votação da PEC dos Precatórios. Prevista na pauta dessa terça-feira, Lira justificou que o adiamento foi necessário porque faltava conversar com alguns líderes sobre o texto.

Baixar arquivo
Geral

Santa Catarina passa a adotar número de RG igual ao do CPF em novembro

. Quem já tiver o RG, o número continua valendo, mas quem for emitir a primeira via já não vai contar com um número separado do RG.

Baixar arquivo
Saúde

Alerj aprova liberação do uso de máscaras ao ar livre no estado do Rio

O projeto aprovado pela Alerj ainda precisa seguir para sanção ou veto  do governador Cláudio Castro, que tem um prazo de 15 dias para publicar a decisão.

Baixar arquivo
Geral

Roubo de cabos de energia dificultou trajetos do metrô em São Paulo

Segundo o Metrô, foram roubados 30 metros de cabos do sistema que alimenta a energia dos trens. A confusão começou por volta das 5h e também comprometeu a operação na Linha Azul.

Baixar arquivo
Saúde

INCA alerta para perigos do consumo coletivo de narguilés na pandemia

Para além dos riscos da transmissão de doenças como a covid, caso a mangueira seja compartilhada, uma sessão de narguilé, que costuma durar entre 1hora a 90 minutos, equivale ao consumo de 100 cigarros comuns. 

Baixar arquivo