Vacinação contra Covid-19 é suspensa no Rio por falta de imunizante

Para quem já tomou a primeira dose, a segunda está garantida

Publicado em 17/02/2021 - 18:29 Por Lígia Souto - Rio de Janeiro

A campanha de vacinação contra a Covid-19 foi temporariamente suspensa na cidade do Rio. A interrupção do calendário por falta de doses, a partir desta quarta-feira, foi anunciada pelo prefeito Eduardo Paes. Com a medida, quem tem 82 anos, e iria se vacinar agora, deverá esperar até a chegada de mais doses do imunizante.

O município esperava receber nesta segunda-feira um novo lote do Instituto Butantan para dar continuidade à campanha. A expectativa, agora, é de que a próxima remessa chegue apenas na semana que vem. O calendário, no entanto, não sofrerá alteração para o público que vai receber a segunda dose, uma vez que foi feita uma reserva para garantir o reforço de quem já se vacinou na primeira etapa.

O município do Rio, assim como as demais cidades do Brasil, tem recebido as vacinas através do Plano Nacional de Imunização.

Durante coletiva de imprensa, nesta quarta-feira, o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, disse que ainda aguarda comunicação oficial para saber a data exata para a retomada da campanha.

O cronograma do Ministério da Saúde prevê para a próxima terça-feira, dia 23, a retomada das remessas de imunizante aos estados. Ainda de acordo com informações da pasta, a quantidade de doses é definida de maneira proporcional ao público alvo do Plano de Vacinação contra a Covid.

Até o momento, o estado do Rio de Janeiro recebeu mais de 1 milhão de doses, sendo 855 mil da CoronaVac e 185 mil da Oxford/AstraZeneca.

Dados da Secretaria Estadual de Saúde apontam que já foram entregues 842 mil doses aos 92 municípios. Do total, 242 mil destinadas à segunda dose da população que recebeu o imunizante do primeiro lote, no dia 20 de janeiro.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Vacina de Oxford/AstraZeneca se mostra eficaz contra variante P.1.

Um estudo publicado nesta semana pela Fiocruz indica que os anticorpos produzidos pela imunização reconhecem mais a variante britânica (B117) e menos a cepa sul-africana (B.1.351), que acumula um número maior de mutações. Já a mutação P.1, brasileira, fica em uma posição intermediária nessa escala.

Baixar arquivo
Economia

Turismo tem prejuízo de mais de R$ 65 bilhões até fevereiro deste ano

Segundo pesquisa da FecomercioSP, resultado é 38% menor do que o ciclo anterior, entre março de 2019 e fevereiro 2020.

Baixar arquivo
Educação

Inep alerta para golpe alegando atualizar o censo escolar

O Sistema Educacenso foi aberto para retificações e inclusões de dados;com isso, golpistas estariam entrando em contato com pessoas da comunidade escolar pedindo confirmação de dados sob alegação de atualizar informações referentes a censo escolar. 

Baixar arquivo
Educação

Universidades Federais se destacam em avaliação do MEC

De acordo com o IGC de 2019, índice conhecido como nota do MEC, 71% das instituições de educação superior públicas federais avaliadas atingiram os conceitos 4 e 5 do indicador (sendo 5 a nota máxima). No total, foram cerca de 24 mil cursos avaliados em mais de duas mil instituições (públicas e privadas).

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz vai entregar nova remessa de vacinas contra covid nesta sexta

O novo lote, com cinco milhões de doses, foi produzido no Instituto Bio-Manguinhos, da Fiocruz.

Baixar arquivo
Saúde

OPAS encerra com sucesso projeto de farmacovigilância para malária

No Brasil, o projeto foi realizado em Manaus. Os integrantes do trabalho acompanharam mais de mil pacientes com quadro de malária.

Baixar arquivo