Brasil chega a 400 mil mortos por covid-19

Publicado em 29/04/2021 - 21:53 Por Sumaia Villela - Editora da Radioagência Nacional - Brasília

Nesta quinta-feira (29) o Brasil bateu a marca dos 400 mil mortos pela covid-19.

Nas últimas 24 horas, foram registrados 3.001 novos óbitos. Com isso, chegou a 401.186 o total de pessoas que perderam a vida para a pandemia do novo coronavírus no país. As informações são do Ministério da Saúde.

O Brasil é o segundo país com maior número de mortes pela doença. Está atrás apenas dos Estados Unidos, que tiveram mais de 570 mil óbitos por covid-19.

Em comparação ao tamanho da população, o país está na 13ª colocação do ranking mundial, segundo levantamento da plataforma Our World in Data, do Reino Unido – que em português quer dizer “Nosso mundo em dados”.

12,7% do total de mortes por coronavírus no mundo está no Brasil, como é possível ver no painel de dados da Universidade Johns Hopkins. Já a população brasileira corresponde a 2,7 % da mundial.

Em relação aos casos de infecção por coronavírus, o Brasil tem pouco mais de 14,59 milhões de confirmações.

No ranking mundial de casos, o país está na terceira colocação, atrás da Índia, com mais de 18 milhões de contaminados, e dos Estados Unidos, com mais de 32 milhões.

O número de pessoas que o Ministério da Saúde contabiliza como recuperadas chegou a 13,15 milhões.

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) divulgou nota lamentando o marco de 400 mil mortes. A entidade afirma que o número reflete “erros de condução e a ausência de coordenação centralizada no nível federal” – crítica feita também pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS).

Os secretários de saúde defendem ainda que a vacinação precisa ser ampliada, e uma campanha para destacar a importância das medidas de prevenção precisa ser feita.

A reportagem entrou em contato com o Ministério da Saúde sobre as 400 mil mortes e aguarda retorno.

Nesta quinta-feira o ministro Marcelo Queiroga anunciou que, nos próximos seis dias, 16,8 milhões de vacinas contra covid-19 serão distribuídas a todo o Brasil. Até esta quinta, foram entregues a estados e municípios 57,9 milhões de doses.

Edição: Beatriz Arcoverde

Últimas notícias
Economia

Carros para taxistas e pessoas com deficiência terão novas isenções

O sistema que prevê isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados, o IPI, na compra de veículos novos de até 2 mil cilindradas por taxistas e pessoas com deficiência passou por mudanças e começa 2022 com regras revisadas. 

Baixar arquivo
Economia

Turismo arrecadou em novembro de 2021 quase 20% a mais que em 2020

Pesquisa do Conselho de Turismo da Fecomercio-SP, com base nos dados do IBGE, aponta que o turismo nacional faturou cerca de R$ 14 bilhões em novembro, aumento de 19,3% em relação ao mesmo período de 2020.

Baixar arquivo
Economia

RJ vai investir R$100 milhões em infraestrutura turística nas cidades

Entre as obras previstas estão construção, revitalização e reforma de infraestrutura urbana para adequação de espaços de interesse turístico, tais como saneamento básico, terminais rodoviários, fluviais e marítimos, entre outros.

Baixar arquivo
Educação

Sisu e Prouni abrem inscrições em fevereiro; Fies, em março

As inscrições para o Sisu começam no dia 15 de fevereiro, para o ProUni no dia 22 de fevereiro e dia 11 de março para o Fies.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

31 barragens estão em estado de emergência em Minas Gerais

A previsão de novas chuvas reacende a preocupação sobre a situação das barragens espalhadas por Minas, algumas delas em estado crítico com chance de rompimentos e acidentes.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Em 2021, a Terra teve a 6ª maior temperatura já medida na história

O dado é resultado de análises independentes feitas pela Nasa, a agência espacial dos Estados Unidos, e pela Administração Nacional Oceânica e Atmosférica. Os cientistas usam o período de 1951 a 1980 como referência para medir a variação da temperatura global ao longo do tempo.

Baixar arquivo