Fiocruz interrompe produção de vacinas contra covid-19 nesta quinta

Produção será retomada na próxima semana

Publicado em 20/05/2021 - 11:52 Por Tâmara Freire - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) interrompeu a produção de vacinas contra a covid-19 nesta quinta-feira (20), mas apenas por alguns dias. Com a chegada de duas novas remessas de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), vindas na China, neste sábado (22), os trabalhos no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos serão retomados integralmente na semana que vem. Mas, durante esse tempo, o Instituto continuará o processo de controle de qualidade de 18 milhões de doses já prontas. Por isso, apesar da interrupção, não é previsto nenhum atraso na entrega das vacinas, por enquanto.

Atualmente, a Fiocruz tem produzido cerca de um milhão de doses do imunizante de Oxford/AstraZeneca por dia, e liberado remessas para o Programa Nacional de Imunizações todas as sextas-feiras. Na semana passada, quase cinco milhões de doses foram entregues e uma quantidade semelhante deve ser repassada nesta sexta-feira (21).

Desde que a produção começou a ser feita pela Fundação, 34,9 milhões de imunizantes foram entregues. A previsão é de que 100 milhões sejam produzidos até o mês de julho, com ingrediente farmacêutico ativo importado. As remessas que chegam neste sábado são suficientes para a produção de 12 milhões de doses, mas pelo menos outros três envios já foram negociados com a AstraZeneca.

Quando chegam da China, as remessas de IFA são diluídas, colocadas nos frascos de aplicação e encaminhadas para o controle de qualidade. Todo o processo leva cerca de quatro semanas.

A partir do segundo semestre, deve ser iniciada a fabricação 100% nacional de outras 110 milhões de doses, já que o acordo de transferência de tecnologia que está sendo finalizado permitirá que a Fiocruz também produza o IFA.

Edição: Ana Lucia Caldas/ Renata Batista

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Direitos Humanos

2021 é o ano Internacional para a Eliminação do Trabalho Infantil

Entre 2012 e 2019, foram registradas mais de 54 mil denúncias de exploração do trabalho infantil. Os números estão disponíveis no Observatório Digital da Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, que foi atualizado nesta quinta-feira.

Baixar arquivo
Saúde

Saúde abre consulta pública para atendimento odontológico de grávidas

Na tentativa de ampliar e qualificar o atendimento e tratamento odontológico de mulheres grávidas, o Ministério da Saúde abriu uma consulta pública para que a população, gestores e profissionais de saúde possam enviar sugestões sobre o tema.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Maioria dos brasileiros é a favor do casamento homoafetivo

Para o mês do orgulho LGBT+ a Ipsos fez um levantamento mostrando como essa comunidade é vista e aceita no Brasil e no mundo. No Brasil, 54% dos entrevistados se mostraram a favor do casamento de pessoas do mesmo sexo e 16% a favor de algum reconhecimento legal.

Baixar arquivo
Economia

Indicador da confiança do empresário do comércio sobe 12,2%

O indicador da confiança do empresário do comércio subiu 12,2% neste mês de junho, na comparação com maio.  Esta é a primeira alta registrada este ano, após cinco quedas consecutivas que fizeram o índice ter um dos piores momentos de toda a série histórica.

Baixar arquivo
Cultura

Funarte realiza festival online que une dança e acessibilidade

A Fundação Nacional de Artes acaba de lançar o Festival Funarte Acessibilidança. Companhias de dança da Região Norte são as primeiras a mostrar o talento e a diversidade local, por meio de espetáculos premiados, em vídeos com audiodescrição e Libras.

Baixar arquivo
Política

Empresário Carlos Wizard não comparece na CPI da Pandemia

O presidente da CPI da Pandemia, senador Omar Aziz, vai pedir à Justiça a condução coercitiva do empresário Carlos Wizard à comissão e a retenção do passaporte dele. A decisão foi tomada antes da suspensão da reunião da comissão desta quinta-feira.

Baixar arquivo