Flexibilização ou variante podem causar nova onda, diz Queiroga

Ministro da Saúde participou de audiência na Câmara dos Deputados

Publicado em 26/05/2021 - 14:05 Por Sayonara Moreno - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

A possibilidade de uma terceira onda da pandemia de covid-19, no Brasil, é motivo de preocupação do Ministério da Saúde. Foi o que disse o titular da pasta, Marcelo Queiroga, nesta quarta-feira (26), durante audiência na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados. Segundo o ministro, a flexibilização de medidas de contenção ou a variante indiana, já confirmada no Brasil, podem ser causas de uma possível terceira onda.

Durante a audiência, o principal assunto foi a questão da pandemia – no que se refere a vacinas, medidas sanitárias, leitos hospitalares e medicamentos para intubação. Acompanhado de técnicos do Ministério da Saúde, Queiroga mencionou que está prevista, para o próximo mês, a distribuição de mais de 41 milhões de doses de vacinas.

A expectativa é que toda a população acima de 18 anos, esteja vacinada até o fim do ano.

Sobre o pedido de priorizar a imunização de lactantes, Marcelo Queiroga informou vai ser levado para discussão na Secretaria de Vigilância em Saúde do ministério. Anunciou ainda, que pretende testar entre 10 e 20 milhões de brasileiros todos os meses, tanto assintomáticos, quanto os que apresentam sintomas.

Questionado sobre o reajuste de preços de medicamentos, Queiroga alegou receio de desabastecimento no mercado farmacêutico.

A respeito da redução nas unidades de Farmácias Populares, explicou que isso ocorreu devido a irregularidades encontradas em alguns estabelecimentos. No entanto, um novo edital deve ser lançado no próximo semestre, para novos cadastramentos.

 

Edição: Leila Santos/ Adrielen Alves

Últimas notícias
Política

Presidente da República almoça com embaixadores de 18 países no Rio

Como exemplo de situações de instabilidade mundial, que demonstram a segurança oferecida pelo Brasil, Jair Bolsonaro citou os riscos de desabastecimento que vários países vêm passando.

Baixar arquivo
Geral

Rio de Janeiro: crimes contra a vida têm queda de 17%

Os dados são relativos aos primeiros quatro meses de 2022 na comparação com o mesmo período do ano passado. Foram 1.025 vítimas, o menor número desde 1991.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: número de testes positivos em farmácias cresce 54% em maio

Dos 210 mil testes realizados na primeira quinzena do mês, quase 50 mil comprovaram a infecção pelo coronavírus. Já em abril, foram 262 mil no total e cerca de 32 mil confirmaram a presença do Sars-Cov-2.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

ONU diz que subiu 500% o total de pessoas com fome no mundo desde 2016

Os níveis de fome ao redor do mundo atingiram uma nova alta, segundo o secretário-geral das Nações Unidas. António Guterres fez declarações na quarta-feira, durante uma reunião ministerial sobre segurança alimentar, em Nova Iorque. 

Baixar arquivo
Política

Lei que torna permanente o Auxílio Brasil é publicada pelo governo

A medida que estabelece um piso do benefício de R$400 de forma permanente foi sancionada, nessa quarta-feira, pelo presidente Jair Bolsonaro e publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira.

Baixar arquivo
Geral

Estudo indica que exercícios regulares não são afetados pela poluição

Manter a forma praticando exercícios regularmente, mesmo nos ambientes poluídos das grandes metrópoles, pode gerar mais benefícios do que malefícios, é o que diz um estudo da USP.

Baixar arquivo