Pesquisa da CNM mostra que 249 municípios exigem passaporte da vacina

Publicado em 28/09/2021 - 14:51 Por Gabriel Brum - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Municípios brasileiros começam a adotar os comprovantes de vacinação para acesso a locais públicos e coletivos. A última pesquisa da CNM, Confederação Nacional dos Municípios, mostra que 249 prefeituras, ou 10% das entrevistadas, responderam que já exigem os passaportes vacinais.

Na região Norte, 20,7% dos municípios recorreram à obrigação. Na sequência, o Centro-Oeste tem 12% das cidades com a exigência. Por outro lado, o Sudeste tem uma taxa de apenas 6,6% de adesão.

A finalidade é controlar a disseminação da covid-19 e estimular a vacinação. O Rio de Janeiro é um desses municípios. Segundo a Secretaria de Saúde, desde a obrigatoriedade da comprovação, em agosto, a aplicação da segunda dose aumentou 31%.

A supervisora da área de Saúde da CNM, Carla Albert, acredita que mais cidades devem adotar o passaporte. A médica Sylvia Lemos, da Sociedade Brasileira de Infectologia, diz que a medida é positiva, mas não impede totalmente que uma pessoa infectada tenha acesso ao local.

A exigência de comprovação da vacinação tem sido questionada na justiça. A presidente da comissão de Direito à Saúde da OAB do Distrito Federal, Alexandra Moreschi, diz que os prefeitos podem fazer essa cobrança. Segundo ela, há um conflito entre o direito individual e o coletivo à saúde, e, nesse caso, vale a norma mais benéfica à coletividade.

A advogada lembra que o Supremo Tribunal Federal já considerou constitucional a lei 13.979 de fevereiro de 2020, que trata da adoção de medidas, inclusive restritivas, para enfrentamento da pandemia. Ela ressalta que essa cobrança do comprovante só pode ser feita aos grupos para os quais já foi disponibilizada vacina.

Edição: Nádia Faggiani / Beatriz Arcoverde

Últimas notícias
Economia

Governo Central tem menor déficit primário desde 2014

Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) fechou o ano de 2021 com um déficit primário de R$ 35 bilhões, o menor saldo negativo registrado desde 2014.

Baixar arquivo
Justiça

Justiça mantém 500 famílias que vivem no Parque do Mico Leão Dourado

Decisão da Justiça do Rio de Janeiro garante a permanência de 500 famílias que vivem no Parque Nacional do Mico Leão Dourado, em Cabro Frio, na região dos Lagos. A área de preservação ambiental integra a Reserva de Biosfera da Mata Atlântica.

Baixar arquivo
Internacional

Argentina diminui restrições para brasileiros entrarem no país

A partir deste sábado, qualquer brasileiro com esquema de vacinação completo contra a covid-19 poderá entrar na Argentina sem necessidade de teste negativo e quarentena.

Baixar arquivo
Justiça

No Rio, deputado estadual Anderson Alexandre á afastado pela justiça

O deputado estadual Wanderson Gimenes Alexandre, do Solidariedade, conhecido como Anderson Alexandre, foi afastado(nesta sexta-feira pela Justiça por crime de responsabilidade e por integrar organização criminosa, na qual atuava como líder.

Baixar arquivo
Economia

Menos de 40% guardou dinheiro para pagar IPTU e IPVA de 2022 no RJ

Uma sondagem feita pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises do Rio de Janeiro mostra que nos dois anos anteriores, este percentual foi de 52,3% e 41,8%.

Baixar arquivo
Economia

Consumidores pretendem parcelar despesas de começo de ano

Uma sondagem feita pelo Instituto Fecomércio-RJ mostra que aumentou o número de consumidores que pretendem parcelar despesas de IPTU, IPVA e material escolar em 2022.

Baixar arquivo