Censo também vai levantar informações sobre autismo

Publicado em 01/02/2022 - 14:50 Por Sayonara Moreno - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Adiado devido à pandemia e, depois, por falta de orçamento, o censo de 2020 já tem data marcada e vai ser feito em 2022. A partir de 1º de agosto, recenseadores do IBGE visitarão 78 milhões de lares brasileiros para aplicarem os questionários básicos do Censo Demográfico 2022. No entanto, famílias de cerca de 8 milhões de domicílios serão perguntadas também sobre o questionário de amostra, com 77 questões. Pela primeira vez, o autismo vai entrar no radar das estatísticas como forma de mapear quantas pessoas vivem com o transtorno e quantas podem ter, mas ainda não tiveram diagnóstico.

Gisele Montenegro, presidente da Associação de Amigos do Autista, é mãe de um autista severo, que tem 30 anos. Segundo ela, o estado não tem informações sobre quantos são os autistas no Brasil e de que forma estão distribuídos. Por isso, defende perguntas importantes no censo de 2022.

Segundo Gisele, um panorama sobre o autismo na população brasileira poderia ajudar na elaboração de políticas públicas. Ela conta que a falta dessas iniciativas voltadas para autistas e famílias de pessoas do espectro autista passa a sensação de abandono.

Gisele Montenegro ainda defende o cumprimento de leis que estabelecem a criação de centros de referência, que funcionem como creches. No Brasil, estima-se que existem 2 milhões de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Mas esse número é incerto e precisa ser oficializado pelo estado. Para isso foi sancionada, em 2019, a Lei 13.861 que obriga o IBGE a perguntar sobre o autismo no censo populacional. Com isso, é possível saber quantas pessoas no Brasil apresentam o transtorno e como os diagnósticos estão distribuídos pelas regiões brasileiras.

Durante três meses, os recenseadores estarão em todas as cidades do país e baterão de porta em porta, uniformizados com boné e colete azuis identificados com o nome do IBGE. Importante observar o crachá de identificação, com foto e número da matrícula do entrevistador.

Edição: Leila Santos / GT Passos

Últimas notícias
Geral

Governo recebe mais de 12 mil denúncias de telemarketing abusivo

Todas as reclamações foram registradas em apenas 18 dias, já que o canal de denúncias foi criado pela Secretaria Nacional do Consumidor no dia 20 de julho deste ano.

Baixar arquivo
Economia

Caminhoneiros começam a receber benefício emergencial na terça-feira

O pagamento vai ser de duas parcelas, referentes aos meses de julho e agosto, totalizando R$ 2 mil.

Baixar arquivo
Saúde

Campanha Nacional de Multivacinação é lançada pelo Ministério da Saúde

Um dos principais focos é a poliomielite. Casos da doença voltaram a aparecer em alguns países, como Israel e Estados Unidos. A cobertura vacinal no Brasil tem diminuído e está em 67% atualmente.

Baixar arquivo
Saúde

Agosto Branco alerta para doença silenciosa: o câncer de pulmão

Desde 1985 ele é o primeiro câncer em mortalidade do mundo. No Brasil, desponta como o segundo mais comum em homens e mulheres. E o cigarro eletrônico, uma moda crescente no país, preocupa ainda mais os especialistas pelo risco de desenvolver a doença.

Baixar arquivo
Justiça

PGR diz que processos na internet ferem direito à proteção de dados

Sites de buscas que dão amplo acesso a processos trabalhistas e criminais na internet ferem o direito à proteção de dados. Pelo menos esse é o entendimento do Procurador-Geral da República. Augusto Aras enviou um parecer ao Supremo Tribunal Federal.

Baixar arquivo
Cultura

Cem anos do rádio no Brasil: Hélio do Soveral

Radialista, escritor e roteirista, Hélio do Soveral criou sketches, novelas e séries que entraram para a história do rádio no Brasil.

Baixar arquivo