Hospitais do RJ devem contar com equipe multiprofissional para o parto

Publicado em 17/05/2023 - 21:44 Por Fabiana Sampaio - Repórter Rádio Nacional - Brasília

Hospitais das redes pública e privada do Rio de Janeiro deverão contar com equipe multiprofissional para o acompanhamento de todas as etapas dos partos.

É o que determina nova lei sancionada pelo governo do estado, que garante ainda o direito da mulher escolher sobre o tipo de parto, considerando suas condições clínicas e a do feto, após avaliação da equipe multiprofissional.

A medida estabelece também uma série de critérios para a execução dos procedimentos dos partos.

A autora da proposta, a ex-deputada estadual, Enfermeira Rejane, explicou que ter uma equipe fazendo esse acompanhamento traz muito mais segurança nas condutas que deverão ser adotadas para a gestante e o bebê.

Um projeto de lei sobre violência obstétrica está em tramitação na Assembleia Legislativa do estado.

De autoria da deputada Renata Souza, do PSOL, a proposta quer obrigar maternidades e hospitais públicos e privados do estado a manter afixados cartazes ou placas divulgando os canais oficiais para recebimento de denúncias sobre violência obstétrica.

O projeto de lei está em segunda discussão e voltou para avaliação das Comissões após receber emendas nesta quarta-feira (17).

Edição: Jacson Segundo / Alessandra Esteves

Últimas notícias
Geral

Governo adia por 3 meses portaria sobre trabalho aos feriados

Segundo o ministro Alexandre Padilha, a Mesa Nacional de Negociação tripartite tem 90 dias para chegar a um acordo de como a determinação da Lei vai ocorrer.

Baixar arquivo
Geral

Polícia realiza operação contra lavagem de dinheiro de milícia

A Polícia Civil e o Ministério Público do Rio de Janeiro fazem nesta quarta-feira (28) operação para desarticular um esquema de lavagem de dinheiro de um grupo miliciano, que controla territórios da zona oeste da capital fluminense.

Baixar arquivo
Saúde

Estudo mostra nova forma de transmissão do vírus da Zika e Chikungunya

Um estudo de nove pesquisadores da Universidade Federal de Goiás detectou ovos do mosquito Aedes aegypti já com a presença dos vírus causadores da zika, e da chikungunya. O resultado demonstra a transmissão vertical dos dois vírus, ou seja: que eles são passados de fêmeas adultas para as larvas depositadas por elas.

Baixar arquivo
Esportes

Superliga: Osasco vence o Sesc Flamengo no Maracanãzinho

Em jogo disputadíssimo na Superliga Feminina de vôlei, o time ganhou por 3 sets a 2.

Baixar arquivo
Justiça

TSE restringe uso da inteligência artificial nas eleições de 2024

A norma veta o deepfake e cria restrições ao uso de inteligência artificial. Fica restrito também o uso de chatbots para substituir pessoas reais nas ações de campanha.

Baixar arquivo
Saúde

Dia D nacional para combater a dengue será realizado neste sábado

Conscientizar o país sobre medidas de prevenção e eliminação do mosquito Aedes aegypti. Essa é ideia do Dia D de Mobilização Nacional Contra a Dengue, que acontece dia 2 de março.

Baixar arquivo