RJ se prepara para receber turistas em meio a 25 mil casos de dengue

Governador do RJ declarou que governo está atento ao cenário

Publicado em 05/02/2024 - 15:52 Por Carolina Pessoa, repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, declarou nesta segunda-feira que o governo está atento ao cenário da dengue no estado, que já registrou mais de 25 mil notificações da doença, e está prestes a receber milhares de turistas para o carnaval. 

Um pouco antes da declaração de Castro, a prefeitura da cidade do Rio declarou estado de emergência por causa da doença, após bater recorde histórico de pacientes internados. O governo quer, inclusive, aproveitar o público do carnaval para espalhar a mensagem da prevenção. O público da Marques de Sapucaí, que deve chegar a 100 mil pessoas por dia, vai receber repelentes, e materiais informativo sobre a doença. Telões no sambódromo também exibirão vídeos sobre como prevenir a proliferação do Aedes aegypt. 

A ação contra a dengue está no plano operacional para o Carnaval, apresentado nesta segunda-feira. Na área da segurança pública, foi anunciado reforço de 12 mil policiais extras, e o uso de câmeras com reconhecimento facial na orla da capital, Sambódromo, estações de metrô e trem. Nos megablocos, haverá patrulhamento com drones e pontos de interceptação e revista com 250 detectores de metais.

Já o Corpo de Bombeiros vai distribuir 10 mil militares em todo o Estado, sendo dois mil em guarnições de pronta resposta, em caso de emergências e socorro a vítimas. A operação Lei Seca também será reforçada e o governo está realizando campanhas contra o assédio sexual. E além de ficar de olho nos motoristas nas ruas, o Detran vai vistoriar os carros alegóricos.

De acordo com o governador a rede hoteleira do estado já está com 75% dos quartos reservados e previsão de chegar em 85%.

Somente na cidade do Rio, a expectativa é que 5 milhões de pessoas, entre moradores e turistas curtam o carnaval, gerando uma movimentação financeira de cerca de R$ 4,5 bilhões.

Edição: Tâmara Freire / L Pedrosa

Últimas notícias
Geral

Operação mira esquema de venda ilegal de óleo de maconha

O esquema contava com a participação de influenciadores digitais na venda de óleo de maconha para uso em cigarros eletrônicos, os vapes. E os produtos eram vendidos por meio de sites na internet, de perfis em redes sociais e no Whatsapp.  

Baixar arquivo
Política

Pacheco defende PEC do Quinquênio

A proposta estabelece um bônus de 5% a cada cinco anos trabalhado para magistrados, Ministério Público, delegados da Polícia Federal, advogados públicos e outras categorias.

Baixar arquivo
Geral

Câmara aprova programa para setor de eventos com teto de R$ 15 bilhões

O Programa vai valer para setores como hotéis, shows, restaurantes e eventos esportivos. E ficam de fora, por exemplo, pensões, fretamento rodoviário de passageiros e excursões e transporte marítimo de passageiros aquaviários para passeios turísticos. 

Baixar arquivo
Justiça

AGU pede apuração de posts com divulgação de decisões de Moraes

A Advocacia-Geral da União solicitou ao Supremo Tribunal Federal a abertura de investigação sobre a divulgação de decisões judiciais determinadas pelo ministro Alexandre de Moraes para retirar conteúdos considerados ilegais, postados por usuários da rede social X, antigo Twitter.

Baixar arquivo
Geral

Moraes autoriza PF aprofundar investigação sobre vacina de Bolsonaro

A Polícia Federal deverá esclarecer se Bolsonaro apresentou um cartão de vacinação falsificado ao entrar nos Estados Unidos, no final de 2022; e permanecer no país nos primeiros meses de 2023.

Baixar arquivo
Economia

INSS começa a pagar primeira parcela do décimo terceiro

Para quem recebe até um salário mínimo, os depósitos serão feitos até o dia 8 de maio. Já os segurados com renda mensal acima do piso nacional terão os pagamentos creditados a partir de 2 de maio. 

Baixar arquivo