Mulheres podem denunciar violência doméstica pelo WhatsApp na Bahia

Publicado em 20/10/2020 - 17:47 Por Leandro Martins - Brasília

O combate à violência doméstica vai contar agora com mais um canal de denúncia na Bahia: é o WhatsApp Respeita as Mina. O diferencial da iniciativa é o uso de um software que utiliza inteligência artificial para responder de forma instantânea as mulheres que buscarem ajuda no número (71) 99099322.

A ferramenta foi criada pela Secretaria de Políticas para as Mulheres do estado, com o apoio da Secretaria de Segurança Pública baiana.

Os diálogos são apenas por mensagem de texto, porque muitas vítimas ficam impossibilitadas de fazer uma ligação na presença do agressor.

Atendentes podem acionar a polícia militar nas situações de emergência. O projeto é pioneiro, e foi pensado de forma a evitar o deslocamento das vítimas às delegacias com a pandemia do novo coronavírus.

Caso queira obter apenas orientações, ao acessar o WhatsApp Respeita as Mina, a usuária pode clicar em um link que informa quais são os órgãos que compõem a rede de atenção à mulher em situação de violência, e as atribuições de cada um deles; também explica como fazer uma denúncia; como obter uma medida protetiva de urgência; e o que fazer em caso de violência sexual.

O sistema também informa outros canais de denúncia, como o Disque 180, da Central de Atendimento à Mulher. O serviço funciona todos os dias, 24 horas e é gratuito.

Também é possível acessar o WhatsApp Respeita as Mina por meio do site da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia: mulheres.ba.gov.br.

*reportagem: Bianca Paiva

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Fiocruz entrega 2,1 milhões de vacinas ao Ministério da Saúde

A Fiocruz voltou fornecer os  imunizantes na segunda-feira, após duas semana de interrupção devido a atraso na entrega do Ingrediente Farmacêutico Ativo, que é importado da China.

Baixar arquivo
Saúde

OMS: Cuidado materno é tema do Dia Mundial da Segurança do Paciente

O cuidado materno e neonatal seguro é o tema escolhido pela Organização Mundial de Saúde para o Dia Mundial da Segurança do Paciente 2021, comemorado nesta sexta-feira, dia 17.

Baixar arquivo
Economia

Caixa vai reduzir juros para financiamento da casa própria

Banco público anunciou redução de 0,4% na taxa de juros da linha de crédito imobiliário atrelada à poupança. A partir da mudança, será possível contratar financiamento pela modalidade com juros a partir de 2,95% ao ano, somadas à remuneração da caderneta. 

Baixar arquivo
Esportes

Seleção feminina encara Argentina em primeiro amistoso após Olimpíada

Técnica Pia Sundhage deseja time imprevisível e escala Marta no ataque

Baixar arquivo
Justiça

STF anula lei de Roraima que liberava uso do mercúrio no garimpo

A decisão foi unânime, o mercúrio é considerado danoso ao meio ambiente e aos humanos, e costuma ser usado no garimpo ilegal para auxiliar na extração do ouro.

Baixar arquivo
Educação

Prazo para unidades prisionais aderirem ao Enem PPL vai até esta sexta

O Enem PPL segue o mesmo padrão do exame tradicional, mas a aplicação da prova é feita dentro das unidades prisionais e socioeducativas que são indicadas pelas administrações dos estados e do Distrito Federal.   

Baixar arquivo