Número de tiroteios na Região Metropolitana do Rio caiu em 2020

Publicado em segunda-feira, 11 Janeiro, 2021 - 16:58 Por Solimar Luz - Rio de Janeiro

Levantamento da plataforma Fogo Cruzado divulgado nesta segunda-feira (11) aponta que os tiroteios na Região Metropolitana do Rio de Janeiro diminuíram em 2020.  Foram registrados 4.589 disparos de arma de fogo contra 7.368 em 2019.

Ao longo de todo o ano passado, 1.795 pessoas foram baleadas, sendo que 896 morreram e 899 ficaram feridas. Em comparação com 2019, o número de óbitos nos tiroteio caiu  41%, e o de feridos 34%.

O relatório do Fogo Cruzado revela ainda que, proporcionalmente, apesar dos números terem diminuído em relação a 2019, a violência se fez presente no dia a dia da Região Metropolitana do Rio em 2020. Nem as medidas de isolamento social impostas pela pandemia de covid-19 foram capazes de conter este que já se tornou um problema crônico no estado.

A violência não poupou sequer as crianças:  22 foram baleadas no ano passado, contra 24 em 2019. O número de morte entre as crianças subiu de sete para oito no período. Entre os adolescentes, dos 40 atingidos por disparos de armas de fogo, 18 não resistiram aos ferimentos.

O pesquisador Daniel Hirata, da Universidade Federal Fluminense, lembra que o ano de 2020 foi marcado pela diminuição das operações policiais no estado, o que pode ter contribuído para a queda de mortes em comunidades cariocas. No período, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, determinou a suspensão dessas ações durante a pandemia. 

De acordo com o levantamento da plataforma Fogo Cruzado, o trabalho de ajuda à população carente, feito por voluntários durante a pandemia, não ficou imune à violência armada, e foi interrompidos diversas vezes por confrontos registrados nas comunidades.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Governo do Pará envia equipe à cidade de Faro

Objetivo é ajudar quanto às questões de atendimento hospitalar, já que, ontem (19), foram confirmadas as mortes de seis pessoas por falta de oxigênio. Faro fica na divisa com o estado do Amazonas, região da Calha Norte. E no município de Coari (AM), sete pessoas que estavam internadas com covid-19 morreram também por falta de oxigênio.

 

Baixar arquivo
Geral

Prova de vida de aposentados segue suspensa até fevereiro

Com o novo decreto publicado nesta quarta-feira (20), o INSS prorrogou até fevereiro a suspensão do corte dos pagamentos de quem não fez a comprovação, tanto para residentes no Brasil ou no exterior.

Baixar arquivo
Educação

Niterói classifica educação como atividade essencial

Com isso, escolas poderão funcionar e ano letivo deve começar em março. Atualmente, a cidade está no nível amarelo de controle da covid-19, o que significa que até o ensino fundamental pode retornar às aulas presenciais. O secretário de Educação disse que, no entanto, ainda não há decisão para reabertura imediata das escolas.

Baixar arquivo
Geral

Em Sergipe, prefeito deve responder por tomar vacina contra a covid-19

Prefeito do interior do estado de Sergipe poderá responder por ter tomado a vacina contra a covid-19 sem fazer parte dos grupos prioritários. 

Os detalhes com Pedro Ramos, da Rádio UFS FM de Aracaju. 

Baixar arquivo
Geral

INSS suspende atendimento do PREVBarco a comunidades do Amazonas

Com o agravamento da pandemia no Amazonas, o INSS resolveu suspender as missões dos chamados PREVBarcos, que são Unidades Móveis Flutuantes de atendimento à população ribeirinha e trabalhadores rurais.

Baixar arquivo