Crianças de até 6 anos são principais vítimas de abuso infantil no RJ

Maioria das denúncias levantadas por entidade é sexual

Publicado em 26/04/2021 - 17:36 Por Cristiane Ribeiro - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

O isolamento social e o confinamento em casa, impostos pela pandemia de covid-19, contribuíram bastante para o aumento de casos de violência física e psicológica contra crianças e adolescentes. E as de 0 a 6 anos de idade são as principais vítimas.

Levantamento da Fundação para a Infância e Adolescência (FIA) mostra que, no ano passado, 58% das denúncias recebidas no Rio de Janeiro foram de casos de vítimas nesta faixa etária. O abuso sexual, com 49,3% dos registros, é o principal crime praticado - em 40% dos casos, pelo pai, e 20% pelo padrasto. As meninas são as maiores vítimas, com 62,26% das notificações.

O levantamento aponta que a violência psicológica foi a segunda maior denúncia, com 24,4% dos casos, seguida pela violência física, com 15,6%; e a negligência, com 10,7% dos casos.

A presidente da fundação, Cléo Hermans, alerta que esses índices podem ser ainda maiores nesse período de pandemia, em que as crianças e seus responsáveis estão juntos no mesmo ambiente por muito tempo. Por isso, ela enfatiza que é importante denunciar os atos de violência para garantir a proteção dos menores.

O Ministério Público do estado do Rio de Janeiro atua em questões que envolvam ameaça ou violação de direitos de crianças e adolescentes. Os relatos mais comuns são de violência física, psicológica e abuso ou exploração sexual.

O promotor Rodrigo Medina, coordenador da Infância e Juventude do MP-RJ, reconhece o aumento do número de casos de violência contra menores na pandemia.

Além do Disque 100, as denúncias sobre violência contra crianças e adolescentes podem ser feitas para a ouvidoria do Ministério Público do Estado, no número 127 ou pelo celular (21) 99366-3100, ou ainda nos conselhos tutelares dos municípios.

 

*Reportagem atualizada às 19h16 para correção de informação.

Edição: Jéssica Gonçalves/ Sumaia Villela

Últimas notícias
Geral

Litoral nordestino tem previsão de chuva forte para esta quarta (25)

A área que representa maior risco começa em João Pessoa, segue por Recife e vai até o sul de Alagoas. Nessas regiões, a chuva pode ultrapassar 100 milímetros no acumulado do dia.

Baixar arquivo
Geral

Número de mortos em operação policial no Rio sobe para 25

Subiu para 25 o número de mortos em consequência da operação policial realizada nesta terça-feira na Vila Cruzeiro, no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro.

Baixar arquivo
Geral

Linha Amarela recebe blitz educativa com agentes da Operação Lei Seca

A ação, que ocorre no Rio de Janeiro, faz parte da campanha Maio Amarelo.

Baixar arquivo
Geral

IBGE: homo e bissexuais são ao menos 1,9% da população brasileira

Quase 3 milhões de pessoas responderam pertencer a um desses dois quesitos em pesquisa inédita sobre orientação sexual. O número de cidadãos que preferiu não responder é maior: 3,6 milhões. Segundo pesquisadora, há possibilidade de subnotoficação.

Baixar arquivo
Economia

INSS paga segunda parcela do 13º de aposentados e pensionistas

Inicialmente, recebem a segunda cota do 13º aqueles que ganham um salário mínimo. Os que ganham acima disso recebem a partir do dia 1º até 7 de junho.

Baixar arquivo
Esportes

Vôlei de praia: oito duplas brasileiras estarão em etapa de Roma

Duda/Ana Patrícia, Bárbara Seixas/Carol Solberg, Rebeca/ Talita e Tatiana/Hegê, no feminino. No masculino, André Stein/George, Renato/Vitor, Alison/Guto e Bruno Schmidt/Saymon.

Baixar arquivo