Incor vai usar ventiladores pulmonares desenvolvidos pela USP

O aparelho foi criado por 200 pesquisadores

Publicado em 15/07/2020 - 15:24 Por Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil - São Paulo

Pacientes com o novo coronavírus que estão internados no Instituto do Coração (Incor) do Hospital das Clínicas de São Paulo vão passar a utilizar, a partir de amanhã (16), ventiladores pulmonares que foram desenvolvidos pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP). Esses ventiladores receberam o nome de Inspire e foram desenvolvidos em apenas quatro meses por uma equipe de 200 pesquisadores, que receberam doações privadas de cerca de R$ 7 milhões.

O Incor vai utilizar dez desses ventiladores. “Estes equipamentos demonstram a capacidade dos pesquisadores, professores e alunos da Universidade de São Paulo que desenvolveram em apenas quatro meses - e a um baixíssimo custo - a produção de respiradores. Ainda em pequena escala, mas que ao longo do tempo e gradualmente ganhará condições mercadológicas”, disse João Doria, governador de São Paulo.

A expectativa é de que esses ventiladores comecem a ser produzidos em larga escala, após receberem autorização e cumprirem algumas exigências da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Uma parceria entre o governo paulista e a Marinha prevê a produção de dez a 20 equipamentos por dia.

Esses ventiladores foram produzidos com custo reduzido e tecnologia majoritariamente brasileira. No início do processo eles custavam em torno de R$ 1 mil. Mas com a alta do dólar e aumento de requisitos para a sua construção, os pesquisadores acreditam que o custo unitário gire agora entre R$ 5 mil e R$ 10 mil, sem considerar os impostos. Um respirador disponível no mercado custa em média R$ 15 mil.

O equipamento produzido pela USP pode ser usado tanto em casos de média complexidade como nas ocorrências de infecção por coronavírus que exigem terapia intensiva.

Edição: Valéria Aguiar

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Fiocruz inaugura Unidade de Apoio ao Diagnóstico da Covid-19 no Rio
Saúde

Anvisa autoriza mudanças em teste da “vacina de Oxford”

Alteração permite a aplicação de uma dose de reforço, totalizando duas doses em vez de uma, como originalmente proposto. Medida é devida a estudos que mostram mais eficácia.

Higienização da bola antes do retorno do da Copa do Nordeste, após paralisação por conta da covid-19
Esportes

CBF anuncia novo protocolo de testes para coronavírus

Mudança acontece após primeira rodada do Brasileiro, na qual a partida entre São Paulo e Goiás foi adiada um pouco antes do início por conta de casos de coronavírus no elenco do Esmeraldino.

Fiocruz inaugura Unidade de Apoio ao Diagnóstico da Covid-19 no Rio
Saúde

Rio registra 28 mortes e 1.166 novos casos de covid-19 em um dia

Estado acumula mais de 180 mil casos da doença e mais de 14.108 mil mortes. São 28.909 pessoas pessoas internadas por covid-19, sendo que 11.494 em UTI.

coronavirus, Sao Paulo
Saúde

Estudo mostra que 18% dos adultos da cidade de SP já foram infectados

Uma pesquisa mostrou que o número de pessoas infectadas na cidade de São Paulo pode ter chegado a 18% da população adulta - próximo ao número necessário para a imunidade de rebanho.

Geral

Gás de pimenta causa intoxicação de três pessoas em SP

Gás foi introduzido no apartamento, por debaixo da porta, por um morador vizinho, descontente com reforma que estava sendo realizada. Vítimas foram levadas ao hospital.

Hospital Central Sorocabana é parcialmente raberto.
Geral

Prefeitura de São Paulo reabre parcialmente Hospital Sorocabana

Depois de 10 anos fechado, reabertura não atende demanda do Comitê de Defesa do Hospital, já que cinco andares continuam fechados. Prefeitura prevê entrega de mais 22 leitos.