Em 24 horas, país registra 376 mortes e 32 mil novos casos de covid-19

Segundo ministério, 5.429.158 pessoas já se recuperaram da doença

Publicado em 22/11/2020 - 12:37 Por Jonas Valente – Repórter Agência Brasil - Brasília

O número de mortes em função da pandemia do novo coronavírus chegou a 168.989 no sábado (21). De sexta-feira (20) para sábado, foram registradas 376 novas mortes por covid-19. Ontem, o sistema marcava 168.613 óbitos desde o início da pandemia. Ainda há 2.176 falecimentos em investigação.

Já em relação ao número de casos, o último boletim do Ministério da Saúde informa que o país atingiu 6.052.786 pessoas infectadas desde o início da pandemia. Entre ontem e hoje, foram registrados 32.622 novos diagnósticos de covid-19. Na sexta, o sistema registrava 6.020.164 casos acumulados.

Atualização em 21/11
 Ministério da Saúde/Divulgação

A atualização do Ministério da Saúde é feita a partir de informações levantadas pelas secretarias estaduais de saúde em relação a casos e mortes para a covid-19.

Ainda conforme o balanço da pasta, há 454.639 pacientes em acompanhamento e 5.429.158 pessoas já se recuperaram da doença.

Estados

Os estados com mais mortes pela covid-19 são São Paulo (41.256), Rio de Janeiro (21.971), Minas Gerais (9.732), Ceará (9.487) e Pernambuco (8.920). As Unidades da Federação com menos óbitos pela doença são Acre (713), Roraima (720), Amapá (789), Tocantins (1.148) e Rondônia (1.516).

Edição: Denise Griesinger

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Fachada do TSE
Política

Candidaturas de nove prefeitos eleitos no Rio estão sub judice

Um deles é Wladimir Garotinho (PSD), o mais votado no segundo turno das eleições em Campos dos Goytacazes, no norte fluminense. Ele teve 52,4% dos votos válidos.