Covid-19: ministério muda sistema de registro de mortes

Mudança gerou reação por parte de secretários de saúde

Publicado em 24/03/2021 - 18:56 Por Jonas Valente - Repórter da Agência Brasil - Brasília

O Ministério da Saúde alterou o Sistema de Informações de Vigilância de Gripe (Sivep-Gripe), utilizado para o envio de registros de mortes por covid-19 por secretarias estaduais e municipais.  A pasta incluiu novos campos para preenchimento, ampliando o número de informações em cada caso de óbito, como CPF ou Cartão Nacional de Saúde (CNS), nacionalidade e imunização de paciente internado.

Ouça na Radioagência Nacional


Em nota conjunta, os conselhos dos Secretários de Saúde (Conass) e dos Secretários Municipais de Saúde (Conasems) informaram que pediram a reversão temporária da alteração.

“A solicitação ocorreu pela ausência de comunicado aos estados e municípios em tempo oportuno. Isso viabilizaria um período de transição para adequação do registro destas informações nos serviços de saúde”, justificam os conselhos no comunicado.

No início da noite desta quarta-feira (24) o Ministério divulgou nota na qual informa que em razão da solicitação retirou a obrigatoriedade de alguns campos de identificação, como CPF ou Cartão Nacional do SUS.

Além disso, o texto acrescenta que o sistema de informações tem registrado instabilidade.

Edição: Claudia Felczak

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias