Franca e Ribeirão Preto estendem medidas restritivas contra covid-19

Cidades paulistas temem aumento da disseminação do novo coronavírus

Publicado em 01/06/2021 - 17:49 Por Bruno Bocchini - Repórter da Agência Brasil - São Paulo

As prefeituras de Franca e Ribeirão Preto, no interior do estado de São Paulo, decidiram estender os períodos de aplicação de medidas de restrição contra o aumento da disseminação de covid-19 em suas regiões.

Franca, que já estava desde o último dia 20 aplicando medidas mais restritivas que as impostas pelo Plano São Paulo, decidiu estender o período de confinamento até a próximo dia 10. Permanecem em vigor o toque de recolher, das 20h às 5h; a suspensão dos serviços de transporte coletivo público; a proibição do encontro de pessoas, em qualquer horário, nas vias, praças, parques e logradouros públicos, inclusive para a prática de atividades esportivas.

Segundo decreto da prefeitura, a extensão é necessária em razão do aumento “exponencial de óbitos em decorrência da doença, o aumento das internações em leitos de UTI [unidades de terapia intensiva] e enfermaria com picos de lotação tanto em leitos SUS [Sistema Único de Saúde] quanto em leitos de hospitais particulares na região”.

Até o próximo dia 10, somente poderão funcionar na cidade, com as portas fechadas e em regime de entrega em domicílio, supermercados, mercados, mercearias, padarias, açougues, restaurantes, lanchonetes, petshops, farmácias e drogarias. O atendimento médico, odontológico e veterinário somente está autorizado em casos de urgência e emergência. Postos de combustíveis poderão funcionar unicamente para abastecimento.

Ribeirão Preto

Imagens áreas da cidade de Ribeirão Preto, no estado de São Paulo.
Imagens áreas da cidade de Ribeirão Preto, no estado de São Paulo. - Governo do Estado de São Paulo

A prefeitura decidiu prorrogar até amanhã (2) a fase emergencial restritiva e manterá fechados shoppings centers, comércio em geral, salões de beleza, academias, parques, restaurantes e supermercados.

Durante a prorrogação, segmentos alimentícios deverão permanecer atendendo pelos sistemas de entrega em domicílio e retirada em veículo. A determinação mantém também suspensas as aulas presenciais em escolas públicas e privadas e o transporte público da cidade.

De acordo com a prefeitura, da próxima quinta-feira (3) até domingo (6), haverá relaxamento das regras com a abertura de supermercados e similares, óticas, lojas de material de construção, parques e praças e funcionamento das feiras livres. Do dia 7 ao dia 13 de junho, Ribeirão Preto passará a obedecer integralmente o Plano São Paulo, do governo do estado.

Edição: Lílian Beraldo

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias