Últimas notícias acordo comercial

Manifestantes anti-Brexit agitam bandeiras em Londres
Internacional

Brexit: Reino Unido prepara saída sem acordo comercial

Avaliação é que negociações sobre termos comerciais avançaram pouco, enquanto relógio avança para outubro e para o fim do acordo de transição em dezembro.

Secretária de Comércio Internacional do Reino Unido, Liz Truss, durante videoconferência com o representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer
Internacional

Começam negociações para acordo comercial entre EUA e Inglaterra

"Um acordo de livre comércio contribuiria para a saúde a longo prazo de nossas economias, que é de vital importância à medida que nos recuperamos dos desafios impostos pela covid-19", diz comunicado conjunto.
Primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, e o presidente dos EUA, Donald Trump, durante cúpula da Otan em Watford, Reino Unido. REUTERS/Peter Nicholls/Direitos Reservados
Internacional

EUA e Reino Unido iniciam negociações comerciais pós-Brexit 

Discussões terão início nesta terça-feira por videoconferência, num momento em que os dois países lutam contra os efeitos da pandemia de covid-19 e buscam fortalecer cadeias domésticas de suprimentos.
Britain's Prime Minister Boris Johnson waves as he leaves Downing Street on his way to Buckingham Palace after the general election in London, Britain, December 13, 2019. REUTERS/Dylan Martinez
Internacional

Reino Unido busca obter acordo comercial com a União Europeia

O governo britânico espera concluir as negociações de um acordo com a UE antes que o período de transição expire, em 31 de dezembro. As regras da União Europeia ainda serão aplicadas nesse período, que foi estabelecido para evitar mudanças bruscas
Chinese Vice Premier Liu He reaches out to U.S. President Donald Trump as he approaches the podium to speak during a signing ceremony for
Internacional

EUA e China assinam primeira fase de acordo comercial

A China e os Estados Unidos assinaram nesta quarta-feira (15), na Casa Branca, um acordo inicial para ultrapassar as disputas comerciais entre os dois países, após meses de uma crise que abalou a economia mundial. Durante a assinatura, Donald Trump frisou os esforços para "reparar erros do passado" e o seu homólogo chinês disse esperar que os EUA tratem "com justiça" as empresas da China.