Últimas notícias meta fiscal

A cúpula menor, voltada para baixo, abriga o Plenário do Senado Federal. A cúpula maior, voltada para cima, abriga o Plenário da Câmara dos Deputados
Política

Projeto da LDO de 2021 propõe metas fiscais flexíveis para próximo ano

O projeto será enviado hoje ao Congresso Nacional. Caso não seja aprovado até o fim do semestre legislativo, passa a trancar a pauta.

O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, apresenta o projeto da proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020.
Economia

Ministério da Economia: incertezas justificam suspensão de meta fiscal

A queda na atividade econômica e a derrubada nos preços do barril de petróleo impedem que o governo projete uma nova meta fiscal para 2020, afirmou o secretário especial de Fazenda.

Economia

Metas fiscais para governos locais e estatais são revisadas

As metas fiscais para estados, municípios e estatais federais foram revisadas, disse hoje (22), o secretário Especial de Fazenda, Waldery Rodrigues. O superávit primário para os governos locais caiu praticamente pela metade, enquanto o resultado das estatais melhorou.

Economia

Política para diesel leva folga da meta fiscal a cair para R$ 1,8 bi

Orçada em R$ 9,6 bilhões, a política de subsídios para o óleo diesel fez a folga da meta fiscal cair para R$ 1,8 bilhão neste ano, disse hoje (20) o ministro do Planejamento, Esteves Colnago.

Economia

Leilões do pré-sal e Refis farão governo revisar para baixo projeções de receita

Uma das principais apostas da equipe econômica para cumprir a meta fiscal de déficit de R$ 159 bilhões, os leilões de petróleo da camada pré-sal 1, ocorridos na sexta-feira (27), resultaram em dificuldade adicional para o governo. A frustração de cerca de R$ 1,8 bilhão fará o governo revisar para baixo a estimativa de receitas extraordinárias que entrarão nos cofres federais até o fim do ano. Originalmente, o governo pretendia arrecadar R$ 11,75 bilhões em 2017 com os leilões do pré-sal. No entanto, as três rodadas terminaram com arrecadação de R$ 9,95 bilhões. Isso ocorreu porque, nos leilões de sexta-feira (27), o governo não conseguiu vender dois dos oito blocos ofertados, reduzindo de R$ 7,75 bilhões, valor inicialmente previsto, para R$ 6,15 bilhões, a quantia arrecadada pela União.