Inaugurado na Cinelândia, no Rio, painel homenageia Gilberto Gil

Publicado em 18/12/2017 - 19:18 Por Léo Rodrigues - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro - Gilberto Gil participa de inauguração de painel em sua homenagem na Cinelândia, no centro do Rio (Tomaz Silva/Agência Brasil)<img src=" class="media-image attr__typeof__foaf:Image img__fid__114390 img__view_mode__default attr__format__default" height="160" src="/sites/default/files/atoms/image/1102128-tmazs_abr121820176751_1.jpg" title="" typeof="foaf:Image" width="277" />

Rio de Janeiro - Gilberto Gil participa de inauguração de painel em sua homenagem na Cinelândia, no centro do Rio (Tomaz Silva/Agência Brasil)

Um grande painel homenageando o cantor e compositor Gilberto Gil e outras personalidades do país foi inaugurado hoje (18) na praça da Cinelândia, no centro do Rio de Janeiro. A obra foi produzida por grafiteiros a partir de um projeto do Metrô Rio. A obra, abtizada de Aquele Abraço, faz referência à canção de mesmo nome, que foi composta pelo músico em 1969.

Em discurso, Gilberto Gil destacou a importância da arte de rua. "São artistas que vêm contribuindo para o embelezamento das cidades, não só no Brasil como no mundo todo. Você vê Nova York, Los Angeles, Paris, Roma, em qualquer lugar onde você vai, esse tipo de manifestação artística, através de painéis, de representações variadas e pictóricas da vida cultural, é uma marca constante. Nesse sentido, esse painel tem uma importância muito grande. E Gilberto Gil se sente extraordinariamente considerado por estar sendo motivo de manifestação de artistas populares, no centro do Rio de Janeiro".

O cantor lamentou que os grafites tenham sofrido recentemente repressão do poder público. No início do ano, a Prefeitura de São Paulo apagou alguns painéis da cidade e sancionou lei proibindo grafites não autorizados, o que gerou um debate nacional. "Essa arte vem sofrendo recentemente no Brasil atitudes negativas por parte de governos municipais. É preciso, portanto, chamar a atenção porque é uma arte em ascensão justamente porque entendem as comunidades locais. Mais do que receber homenagem, vim aqui prestar solidariedade a esse tipo de trabalho".

Gilberto Gil disse ainda que outros artistas poderiam ter sido homenageados, citando especialmente Dorival Caymmi. "Há 40 ou 50 anos atrás, talvez fosse ele aqui. Não fosse ele, eu não estaria aqui hoje. E não existiria a música popular brasileira tal como ela é".

O painel ocupa dois muros do respiradouro da estação de metrô. De um lado, o artista paulista Ozi retratou o rosto de Gilberto Gil. Do outro, o Coletivo Nata Família, formado por três moradores do Rio de Janeiro, representou personagens citados em estrofes da música. A sambista Tia Surica faz referência a "todo mundo da Portela" e Zico lembra a "torcida do Flamengo". Também estão no painel o apresentador Chacrinha, expressamente mencionado na canção, e uma "moça da favela", não identificada.

Painel antigo

O novo painel resgata uma homenagem anterior a Gilberto Gil que havia no local. O trabalho foi realizado ao longo dos eventos vinculados ao Ano da Itália no Brasil, que o governo de ambos os países celebraram entre outubro de 2011 e outubro de 2012.

"Em 2012, o governo italiano nos encomendou um projeto de arte urbana que reunisse artistas dos dois países. Isso ocorreu em diversas cidades do Brasil. Aqui no Rio de Janeiro, nós fizemos uma parceria com o Metrô Rio e convidamos um casal de italianos, que fizeram espontaneamente um retrato de Gilberto Gil. Do outro lado, o mesmo Ozi fez um São Sebastião, que é o padroeiro do Rio, e foi representado de forma bem brasileira e com um cocar indígena", explica o curador Marco Antônio Teobaldo.

O painel anterior ficou exposto por cerca de cinco anos. Foi apagado em 2016. De acordo com o Metrô Rio, ele sofreu depredações durante manifestações de rua em 2013 e em 2014 e também havia muitas pichações se sobrepondo ao trabalho, razão pela qual a remoção teria sido necessária.

 

Edição: Fernando Fraga

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
presos
Justiça

Defensoria: prisão em flagrante reforça racismo estrutural no Rio 

Segundo a coordenadora do Núcleo de Audiências de Custódia da Defensoria, Caroline Tassara, dados de relatório inédito feito pelo órgão indicam seletividade racial e social do sistema penal brasileiro.

Bola, campeonato brasileiro
Esportes

Campinense vai à final do paraibano

Rubro-negro espera por desfecho do jogo entre Botafogo e Treze para saber quem enfrenta na decisão do estadual.

Ceará Copa do Nordeste
Esportes

Ceará derrota Bahia e garante bicampeonato da Copa do Nordeste

Mesmo com vantagem alcançada no jogo de ida, Vozão vence por 1 a 0, gol de Cléber, e garante o bicampeonato da competição.

Acesso internet celular
Geral

Anatel: reclamações nas telecomunicações aumentou 6,6% em 2020

Segundo a Anatel, o aumento de reclamações em relação ao último semestre é consequência, principalmente, do aumento de queixas de consumidores de banda larga fixa.

guarani
Esportes

Bragantino vence Guarani e conquista Troféu do Interior

Com triunfo de 1 a 0, gol de Léo Ortiz, Massa Bruta garante vaga na Copa do Brasil de 2021.