Governo fará cadastro de entidades para acolher população de rua

A ação ocorrerá por meio do Programa Pátria Voluntária

Publicado em 03/04/2020 - 14:59 Por Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil - Brasília

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, disse que o governo federal vai cadastrar entidades filantrópicas e instituições religiosas que possam acolher pessoas em situações de rua, como medida de prevenção à disseminação do coronavírus e proteção dos vulneráveis. A ação ocorrerá por meio do Pátria Voluntária, o programa de incentivo ao voluntariado do governo federal, encabeçado pela primeira-dama Michelle Bolsonaro.

Em entrevista à TV Brasil, Damares explicou que o ministério já está fazendo contato individual com algumas instituições e que, na semana que vem, será feito o chamamento público. “A população de rua é grande no Brasil, mas a tendência é aumentar e o inverno está chegando. Então, vamos começar semana que vem, antes do inverno”, disse.

De acordo com a ministra, também será feita parceria com comunidades terapêuticas para acolhimento de dependentes químicos em situação de rua, com a cobertura da Secretaria Nacional Antidrogas.

Idosos

Damares Alves ainda fez um apelo pra que todas as pessoas tenham atenção e, na medida do possível, cuidem dos idosos. Caso alguém perceba alguma situação de violência a orientação é denunciar, por meio do Disque 100.

Segundo ela, os abrigos já estão sendo monitorados e a preocupação maior é com os idosos que moram sozinhos. “Vamos todo mundo ajudar todo mundo? Bate na porta, pergunta se está tudo bem. Vamos fazer uma rede de proteção a esses idosos. Vamos ver se ele não está sendo explorado”, disse.

A violência patrimonial contra os idosos também são motivo de alerta. “Quero falar com advogados e líderes religiosos: cuidado com alguns filhos espertinhos que estão neste momento pegando procuração de pai e mamãe para ir ao banco ou procuração de amplos poderes para antecipar herança ou vender bens. Atenção donos de cartórios: cuidado com o aumento de procurações que começam a surgir”, destacou.

O Conselho Nacional de Direitos da Pessoa Idosa também aprovou o uso de recursos do Fundo Nacional da Pessoa Idosa para compra de equipamentos e abastecimento de instituições de longa permanência. Para acessar os recursos, as unidades precisam se cadastrar para triagem e definição dos repasses.

Brasileiros no exterior

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos também apoia o Ministério das Relações Exteriores no atendimento de brasileiros no exterior. De acordo com Damares, o Disque 100 está disponível em 50 países e a Ouvidoria Online pode ser acessada no mundo todo pela internet. Por meio desses canais, o ministério pode fazer essa comunicação dos pedidos de ajuda com o Itamaraty.

Segundo a ministra Damares, caso o Itamaraty não possa atender prontamente os brasileiros, o ministério faz essa articulação com a sociedade civil, com representações de entidades filantrópicas e instituições religiosas. “As igrejas estão atendendo nosso apelo”, disse.

Povos tradicionais

O governo federal também está atento às necessidades e proteção de povos e comunidades tradicionais, como indígenas, ciganos e quilombolas. De acordo com Damares, o ministério está em contato direto com as principais instituições que cuidam desses povos, reforçando as medidas de prevenção de contágio ao covid-19 e arrecadando cestas básicas.

Para os ciganos, por exemplo, que ficam em área urbano, a orientação é que não movimentem os acampamentos, para que as equipes possam atuar com as ações de saúde e assistência alimentar.

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos disse ainda que uma parte do orçamento da pasta será destinado à compra de cestas básicas para alimentação de crianças indígenas, em parceria com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Edição: Maria Claudia

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Bola de futebol da Copa do Mundo de Futebol Feminino - França 2019.
Esportes

Santa Cruz e Salgueiro decidem quem será o campeão pernambucano

Cobra Coral busca conquista invicta e Carcará tenta primeiro título no estadual. Nenhum time tem vantagem, quem vencer levantará a taça no Estádio do Arruda, em Recife.

Geral

Polícia prende sexto suspeito de ataque a banco em Botucatu

Suspeito foi identificado a partir da análise de materiais apreendidos com outros capturadas. Nas buscas em sua casa, foram localizados R$ 21 mil, algumas notas chamuscadas.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, fala à imprensa no Palácio do Planalto, sobre os 500 dias de governo
Economia

Guedes sugere doação de livros a pobres em vez de isenção a editoras

Ao defender a ampliação dos programas de transferência de renda, Guedes ressaltou que as camadas de menor renda estão mais preocupadas em comprar comida do que comprar livros.

Urna eletrônica
Política

Brasil tem 147,9 milhões de eleitores aptos a votar em novembro

O Brasil é a quarta democracia do mundo, atrás apenas da Índia, dos Estados Unidos e da Indonésia, diz o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso.

Geral

Portaria coloca Eletronorte como executora do Programa Mais Luz

Governo estima que pelo menos 70 mil famílias do Amapá, que vivem nas áreas remotas da região, tenham acesso a um serviço público de energia elétrica limpa e renovável.

Um funcionário do laboratório Hermes Pardini trabalha no teste da doença do coronavírus (COVID-19) com amplificação por PCR, em Vespasiano, perto de Belo Horizonte, Brasil, em 23 de julho de 2020. Foto tirada em 23 de julho de 2020. REUTERS /
Esportes

Procon-SP notifica Albert Einstein por erro em testes de covid-19

Bragantino teve jogadores equivocadamente diagnosticados com a doença. O resultado correto só foi confirmado poucas horas antes do jogo contra o Corinthians.