Comércio do Rio vai contratar 10 mil empregados temporários para o verão

Publicado em 31/08/2017 - 14:01 Por Alana Gandra – Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

O comércio lojista do Rio de Janeiro vai contratar 10 mil funcionários temporários para o período das festas de final de ano e para o verão, segundo pesquisa divulgada hoje (31) pelo Centro de Estudos do Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro (CDL-Rio). A sondagem foi realizada entre os dias 21 e 25 deste mês com 500 empresas dos setores de confecção e moda infantil, calçados, joias e bijuterias, óticas, eletroeletrônicos, papelarias, móveis e brinquedos.

As contratações previstas representam uma retração de 16% no número de empregados temporários admitidos no mesmo período do ano passado, que totalizou 12 mil. Para o presidente do CDL-Rio, Aldo Gonçalves, a expectativa é menor porque o comércio ainda está vivendo um período difícil, “especialmente no Rio de Janeiro, que está muito pior do que no restante do Brasil”.

Além do desemprego, Gonçalves citou a situação dos funcionários públicos fluminenses que estão com salários atrasados e não receberam ainda o décimo terceiro de 2016, o que afeta de modo significativo o comércio. “Porque não estão recebendo e não podem comprar, não podem consumir”. A isso se somam outros fatores negativos, entre os quais a desordem urbana causada pelo comércio informal nas ruas, a violência e a insegurança: “Tudo isso tem afetado muito o Rio de Janeiro”.

Primeiro emprego

De acordo com a pesquisa, 36% das empresas entrevistadas pretendem contratar temporários para o fim de ano e o verão; 50% estão indecisos; 10% não contratarão e 4% pensam em pagar horas extras aos empregados efetivos, caso isso seja necessário. As contratações deverão começar em outubro, para 5% dos consultados; em novembro, para 61% das empresas; e em dezembro, para 34%.

Do total das vagas temporárias, 60% são para primeiro emprego, com faixa etária entre 18 e 35 anos. Aldo Gonçalves explicou que o comércio é o setor que mais contrata para o primeiro emprego. “As pessoas, quando querem começar a trabalhar, vão procurar emprego no comércio, porque é mais fácil, não exige experiência nem muita qualificação ainda. Para a grande maioria, o comércio significa a oportunidade do primeiro emprego”.

Dos 500 empresários entrevistados, 19% manifestaram a intenção de efetivar os empregados temporários após o período de festas, contra 38% que não têm essa intenção. Para o restante (43%), a efetivação dos temporários vai depender do movimento das vendas e dos indicadores de recuperação da economia.

Edição: Denise Griesinger

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Logotipo do Google é exibido dentro de um prédio de escritórios em Zurique, Suíça.
Internacional

Google transforma smartphones Android em sensores de terremotos

"Estamos no caminho certo para enviar alertas de terremotos onde quer que haja smartphones", disse Richard Allen, diretor do laboratório sismológico da Universidade da Califórnia em Berkeley.

A Polícia Federal e a Receita Federal
Geral

PF e MPF cumprem mandados contra fraudes no fundo de pensão Postalis

A Operação Rebate investiga lavagem de dinheiro e aquisição de joias, metais e pedras preciosas pagos com dinheiro em espécie, por valores superiores a R$ 45 milhões.

leito hospitalar
Saúde

Senai já entregou mais de 2 mil respiradores recuperados a hospitais

Balanço da instituição mostra que 2.007 equipamentos foram entregues a instituições de saúde em 336 municípios de 24 estados e no Distrito Federal.

 A Secretária Nacional da Juventude, Jayana Nicaretta, durante solenidade de Celebração do Dia Internacional da Juventude, no Palácio do Planalto.
Política

Jayana Nicaretta é exonerada da Secretaria Nacional da Juventude

Portaria com a exoneração de Jayana do cargo, a partir de 7 de agosto deste ano, está publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira.

Primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern
Internacional

Covid-19: Nova Zelândia põe maior cidade em lockdown após 102 dias

Primeira-ministra Jacinda Ardern disse que Auckland entrará no nível três de restrições, a partir do meio-dia dessa quarta-feira (12), por "precaução". Moradores terão de ficar longe do trabalho e da escola.

Copa do Brasil, taça, troféu
Esportes

CBF anuncia novas datas de confrontos da 3ª fase da Copa do Brasil

Após a remarcação, jogos de volta serão realizados entre 25 e 27 de agosto, Os duelos de ida foram disputados antes da paralisação por conta da pandemia de covid-19.