Investimento na pequena empresa atinge segundo pior patamar do ano

Publicado em 24/09/2018 - 16:16 Por Lucas Scatolini - Estagiário da Agência Brasil * - São Paulo

Dados apurados pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostram que a intenção de investimento do micro e pequeno empreendedor caiu 1,7 ponto no mês de agosto e atinge o segundo pior patamar do ano. Com 39,3 pontos em agosto contra 40,9 em julho, em uma escala de zero a 100, o indicador só não ficou atrás do mês de junho, período marcado pela greve dos caminhoneiros.

O índice revela que apenas um terço (33%) dos micro e pequenos empresários estão interessados em promover melhorias no seu negócio, contra 53% dos que não farão qualquer tipo de investimento. Segundo eles, 36% dos entrevistados justificaram a baixa recuperação da economia como motivo para não investirem; outros 36% afirmaram que não veem necessidade; e 19% estão aguardando retorno de alguma melhoria realizada recentemente.

Do universo de quem vai investir nos próximos três meses, o estudo aponta que mais da metade (56%) usará dinheiro do próprio bolso, sendo que 10% irá vender algum bem para conseguir realizar as melhorias, e somente 13% irão recorrer a empréstimos bancários.

Os investimentos pretendem aumentar as vendas ou conseguir atingir a demanda estocada, e dentre os mais citados estão a ampliação dos estoques (27%), compra de equipamentos maquinários (25%), reforma das instalações da empresa (22%), e gastos com propaganda e comunicação (19%).

O SPC avalia que a baixa disposição na demanda de investimento nas micro e pequenas empresas é justificada pela desconfiança do empreendedor de uma retomada consistente da economia, além da dificuldade de assumir compromissos financeiros de longo prazo até o final do processo eleitoral. Além disso, a alta dos juros e o desemprego ainda retraem a demanda do consumidor.

Queda na demanda

Outro dado que demonstra a baixa confiança dos micro e pequenos empresários brasileiros é a queda do Indicador de Demanda por Crédito, que atingiu 3,3 pontos na passagem de julho para agosto (de 22,8 pontos para 19,5).

Em números percentuais, somente 10% dos entrevistados devem contrair crédito para investir no seu negócio nos próximos três meses, enquanto 75% afirmaram que não devem tomar recursos emprestados. Sobre o desinteresse, 54% alegaram ter condições de usar recursos próprios; 29% apontaram os juros altos; e 22% estão inseguros com a situação econômica do país.

Os Indicadores de Demanda por Crédito e de Propensão para Investimentos do Micro e Pequeno Empresário levam em consideração 800 empreendimentos com até 49 funcionários, nas 27 unidades da federação, incluindo capitais e interior. As micro e pequenas empresas representam 39% e 35% do universo de empresas brasileiras nos segmentos de comércio e serviços, respectivamente.

* Estagiário sob orientação de Alexssander de Paula

 

 

 

Edição: Fernando Fraga

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Cúpula da bomba atômica durante cerimônia para marcar o 75º aniversário do bombardeio atômico em Hiroshima.
Geral

Hiroshima: primeiro ataque com bomba atômica completa 75 anos

Hiroshima foi destruída após o primeiro ataque nuclear da história durante a Segunda Guerra Mundial. Três dias depois os Estados Unidos bombardearam Nagazaki.

.facebook
Internacional

Facebook remove postagem de Trump por desinformação sobre covid-19

Porta-voz do facebook diz que vídeo postado inclui afirmações falsas, o que é uma violação de sua política sobre desinformações prejudiciais

Polícia Federal genérica
Geral

PF cumpre 6 mandados de prisão contra fraudes em contratações na saúde

Alvos são empresários e agentes públicos suspeitos de fazer contratações irregulares para serviços na área da saúde. Três pessoas já foram presas, segundo a Polícia Federal.

Teste rápido de COVID-19
Internacional

Coreia do Norte: 1º caso suspeito de covid-19 teve teste inconclusivo

Se confirmado, o caso seria o primeiro oficialmente reconhecido por autoridades norte-coreanas, embora a mídia reafirme que nenhuma infecção foi relatada no país até agora.

Incêndios florestais no DF
Geral

Defesa Civil reconhece situação de emergência em municípios de MS

Medida publicada hoje em portaria no Diário Oficial da União inclui os municípios de Corumbá e Ladário. Incêndios florestais atingem algumas regiões de Mato Grosso do Sul.

Times Square, permanece relativamente tranquilas devido ao surto contínuo da doença por coronavírus (COVID-19) no bairro de Manhattan em Nova York
Internacional

Nova York reforça fiscalização de quarentena

O prefeito Bill de Blasio disse, em entrevista, que, em certas circunstâncias, as multas por não observar a ordem de quarentena podem chegar a US$ 10 mil.