TAC prevê que Petrobras invista R$ 815 milhões na região do Comperj

Obras do complexo petroquímico no Rio empregam 4,5 mil pessoas

Publicado em 09/08/2019 - 18:58 Por Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

O governo do estado do Rio de Janeiro, a Petrobras e o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro assinaram hoje (9) um termo de ajustamento de conduta (TAC) para reparar prejuízos ambientais, sociais e econômicos causados pelo atraso nas obras do Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro (Comperj) na região de Itaboraí, São Gonçalo e Cachoeiras de Macacu.

Com o TAC, a Petrobras se compromete a investir R$ 814,5 milhões na recuperação da região, incluindo ações de saneamento básico e meio ambiente. R$ 300 milhões devem ser destinados exclusivamente a ações ambientais, incluindo o reflorestamento de uma área equivalente a 660 campos de futebol. 

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, disse que, entre os investimentos atuais no Comperj, estão a Unidade de Processamento de Gás Natural. As obras no complexo empregam atualmente 4,5 mil pessoas, sendo 90% das cidades da região. A previsão de Castello Branco é que esse número aumente para 7 mil no ano que vem.

"O foco [da Petrobras] é o estado do Rio de Janeiro, que receberá, entre este ano e 2023, 54 bilhões de dólares em investimentos", disse o presidente da estatal sobre o esforço da companhia de concentrar seus investimentos na produção e exploração de petróleo e gás.

O governador, Wilson Witzel, destacou que o Comperj é um caso emblemático de projeto relevante que foi impactado pela corrupção. "O que atrapalhou o Comperj foi a corrupção. O que atrapalhou o Rio de Janeiro foi a corrupção", disse ele, que defendeu a instalação de mais refinarias no estado. 

Edição: Fábio Massalli

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, apresenta a versão digital do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVe).
Justiça

TRF2 nega soltura a secretário afastado de Transportes de São Paulo

Baldy teve prisão temporária decretada pela primeira instância da Justiça Federal no Rio na Operação Dardanários, que apura fraudes em contratações na área de Saúde

exame coronavirus COVID-19
Saúde

Covid-19 já causou mais de 14 mil mortes no estado do Rio

O número de pacientes que se recuperaram da covid-19 no estado do Rio chegou a 156.785. Estão em investigação 985 mortes por possível relação com o coronavírus.

 O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anuncia a nova modalidade do programa Corujão da Saúde, durante entrevista à imprensa
Educação

Prefeito de SP diz que volta às aulas na capital não tem data definida

Segundo ele, o retorno presencial poderá ocorrer a partir de 7 outubro, mesma data definida para o retorno pelo governo do estado, nos meses seguintes, ou até em 2021.

Saúde

Amapá, Ceará e Rio de Janeiro seguem em alerta de uma segunda onda

O Boletim InfoGripe da Fiocruz indica que Amapá. Ceará e Rio de Janeiro mantêm o sinal de retomada do crescimento de novos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

Avião de pequeno porte
Geral

Anac autoriza táxi-aéreo a vender assento individual

As empresas de táxi-aéreo aptas a fazer esse serviço estão listadas no sistema Voe Seguro, e podem ser consultadas no site da Anac. As regras foram publicadas no Diário Oficial da União.

 Incêndio no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Divulgação/Parnaso)
Geral

Prossegue combate a incêndio florestal na Serra dos Órgãos

Hoje é o quarto dia consecutivo que o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro atua no combate ao incêndio florestal de grandes proporções no Parnaso.