Nove jogadores do Brasileirão são convocados para seleção sub-23

De olho no pre-olímpico, equipe vai disputar amistosos em outubro

Publicado em 20/09/2019 - 16:12 Por Cláudia Soares Rodrigues - Jornalista da TV Brasil - Rio de Janeiro
Atualizado em 20/09/2019 - 17:51

Após o anúncio dos convocados para a seleção principal do Brasil e para a seleção sub-17, a CBF também divulgou nesta manhã a lista de jogadores da seleção pré-olímpica (sub-23), que vão participar de amistosos contra Venezuela e Japão, nos dias 10 e 14 de outubro. As partidas valem como preparação para o torneio Pré-Olímpico, em janeiro do ano que vem,na Colômbia.

Dos 23 convocados pelo técnico Andre Jardine, nove integram as equipes da Série A do Campeonato Brasileiro. É o caso do goleiro Cleiton (Atlético-MG); dos meias Bruno Guimarães (Athlético-PR), Allan (Fluminense) e Pedrinho (Corinthians); dos defensores Guga (Atlético-MG), Caio Henrique (Fluminense), Felipe Jonatan (Santos) e Bruno Fuchs (Internacional); e também do atacante Antony (São Paulo).

Confira a lista completa de selecionados:

GOLEIROS : Cleiton (Atlético-MG), Daniel Fuzato (Roma), e Ivan (Ponte Preta);

LATERAIS DIREITOS: Emerson (Betis), Guga (Atlético-MG);

LATERAIS ESQUERDOS: Caio Henrique (Fluminense), Felipe Jonatan ( Santos);

DEFENSORES: Bruno Fuchs (Internacional), Ibãnez (Atalanta), Luiz Felipe (Lazio), Lyanco (Torino);

MEIO-CAMPISTAS – Allan (Fluminense), Bruno Guimarães (Athletico-PR), Douglas Luiz (Aston Villa), Mauro Júnior (Heracles Almelo), Pedrinho (Corinthians), Wendel (Sporting);

ATACANTES: Antony (São Paulo), Malcom (Zenit), Matheus Cunha (Leipzig), Paulinho (Bayer Leverkusen), Pedro (Fiorentina), Rodrygo (Real Madrid).

Os dois amistosos da seleção pré-olímpica serão realizados em Recife, em Pernambuco. No dia 10 de outrubro, às 21h30 (horário de Brasília), o Brasil encara a Venezuela, no Estádio dos Aflitos. O segundo amistoso será no dia 14 de outubro, contra o Japão, na Arena Pernambuco.

Atualizado às 17h51 para correção do título.

Edição: Guilherme Neto

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Andreia Reis/ Cinemateca Brasileira
Geral

Transferência de posse da Cinemateca foi concluída, afirma ministério

A Cinemateca Brasileira, dona do maior acervo audiovisual da América do Sul, deixa de ser administrada pela Fundação Roquette Pinto e passa a ser patrimônio da União.

dólar
Economia

Dólar supera R$5,40 e fecha no maior valor desde junho

Negociações foram afetadas por mercado externo, com estagnação no mercado de trabalho norte-americano e impasse nas discussões de novo pacote de estímulos nos EUA.

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, apresenta a versão digital do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVe).
Justiça

TRF2 nega soltura a secretário afastado de Transportes de São Paulo

Baldy teve prisão temporária decretada pela primeira instância da Justiça Federal no Rio na Operação Dardanários, que apura fraudes em contratações na área de Saúde

exame coronavirus COVID-19
Saúde

Covid-19 já causou mais de 14 mil mortes no estado do Rio

O número de pacientes que se recuperaram da covid-19 no estado do Rio chegou a 156.785. Estão em investigação 985 mortes por possível relação com o coronavírus.

 O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anuncia a nova modalidade do programa Corujão da Saúde, durante entrevista à imprensa
Educação

Prefeito de SP diz que volta às aulas na capital não tem data definida

Segundo ele, o retorno presencial poderá ocorrer a partir de 7 outubro, mesma data definida para o retorno pelo governo do estado, nos meses seguintes, ou até em 2021.

Saúde

Amapá, Ceará e Rio de Janeiro seguem em alerta de uma segunda onda

O Boletim InfoGripe da Fiocruz indica que Amapá. Ceará e Rio de Janeiro mantêm o sinal de retomada do crescimento de novos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).