Coronavírus: Canadá anuncia que não vai participar das Olimpíadas

Comitê australiano adianta preparação de atletas para evento em 2021

Publicado em 23/03/2020 - 14:28 Por Rafael Monteiro - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro
Atualizado em 23/03/2020 - 14:27

Os comitês Olímpico e Paralímpico do Canadá decidiram na manhã desta segunda-feira (23) que não enviarão representantes para os Jogos de Tóquio 2020, no Japão, nas datas previstas: entre 24 de julho e 9 de agosto (Olimpíadas), e de 25 de agosto a 6 de setembro (Paralimpíadas). O país é o primeiro a anunciar oficialmente que não enviará atletas às Olimpíadas por conta do avanço da pandemia do novo coronavírus (covid-19).  O anúncio foi feito horas após o Comitê Olímpico Internacional (COI) admitir, pela primeira vez, o adiamento da competição e de os comitês Olímpico e Paralímpico Brasileiro - COB e CPB, respectivamente - se manifestarem favoráveis à realização dos eventos em 2021.

Em comunicado oficial publicado no site do COC, as entidades pedem urgência para o adiamento dos Jogos por um ano e oferecem apoio nas consequências do reagendamento. “Não se trata apenas da saúde do atleta, é uma questa de saúde pública. Com a covid-19 e os riscos associados, não é seguro para nossos atletas, para a saúde e a segurança de suas famílias, e da comunidade canadense em geral (...). De fato, isso contraria os conselhos de saúde pública que instamos todos os canadenses a seguir.”

Ainda de acordo com a nota oficial, a recusa do Canadá em participar de Tóquio 2020 nas datas inicialmente programadas contou com o apoio das comissões dos atletas do país, das Organizações Nacionais de Esportes e também do governo local. Entidades nacionais pelo mundo, porém, têm pressionado o COI pelo adiamento nos últimos dias. Os Comitês Olímpico (COI) e Paralímpico (CPB) do Brasil, por exemplo, manifestaram-se favoráveis a realização dos eventos somente em 2021.

Australianos já contam com o adiamento

O Comitê Olímpico Australiano (OAC,sigla em inglês) também publicou hoje nota oficial em seu site, orientando os atletas a se prepararem para os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2021, já descartando a possibilidade na data prevista inicialmente. O Conselho Executivo da entidade se reuniu por teleconferência e foi unânime o entendimento que “uma equipe australiana não poderia ser reunida nas atuais circunstâncias no país e no exterior.”

Na mesma publicação, o comitê dá como certa a mudança do início dos Jogos, inclusive agradece ao COI a decisão de priorizar a saúde: “O COI adotou os princípios fundamentais de colocar a saúde do atleta em primeiro lugar e garantir que ela agisse nos seus melhores interesses e nos interesses do esporte. Esta decisão reflete esses princípios.”

O chefe de missão da equipe australiana para Tóquio, Ian Chesterman, foi enfático sobre a impossibilidade de manter o início dos Jogos no dia 24 de julho. “Está claro que os Jogos não podem ser realizados em julho. Nossos atletas têm sido magníficos em sua atitude positiva em relação ao treinamento e à preparação, mas o estresse e a incerteza têm sido extremamente desafiadores para eles.”

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Guilherme Arana revela saudade dos jogos
Esportes

Arana projeta boa estreia do Atlético-MG contra o Fla no Brasileirão

Lateral-esquerdo confia nas qualidades do time para um bom campeonato: juventude e velocidade. O primeiro duelo será no domingo, às 16h, no Maracanã. 

 

Incêndio no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Divulgação/Parnaso)
Geral

Bombeiros combatem fogo na Serra dos Órgãos pelo terceiro dia seguido

Criado em 1939, o Parnaso é o terceiro parque mais antigo do país e costuma ser procurado para prática de esportes de montanha, como escalada, caminhada e rapel.

Fachada do edifício sede do Supremo Tribunal Federal - STF
Geral

STF: teto constitucional incide sobre soma de pensão e aposentadoria

Com a decisão, o valor dos ganhos não pode ultrapassar R$ 39,2 mil, valor do salário dos ministros da Corte, que foi definido pela Constituição como teto.

Supermercado na zona sul do Rio de Janeiro
Economia

Custo da cesta básica caiu em 13 capitais no mês de julho, diz Dieese

Por conta da pandemia, o Dieese suspendeu a coleta presencial de preços e começou a coletar os preços por meio de telefone, aplicativos de entrega, e-mail e consultas na internet.

Governo de São Paulo inicia testes com vacina contra o novo coronavírus.
Saúde

Hospital das Clínicas de Campinas começa testes de vacina contra covid

O Instituto Butantan deve concluir em outubro ou novembro os testes com cerca de 9 mil voluntários em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná.

Agente penitenciário
Geral

Agentes prisionais tiveram saúde mental abalada na pandemia

Pesquisa da Fundação Getúlio Vargas coletou informações sobre a percepção dos profissionais sobre impactos da pandemia no trabalho, no bem-estar e nas relações com os presos.