Naomi Osaka desiste do WTA de Cincinnati para protestar contra racismo

Jogadora se une a movimento iniciado por jogadores da NBA

Publicado em 27/08/2020 - 01:16 Por Agência Brasil - Rio de Janeiro

A tenista japonesa Naomi Osaka anunciou na última quarta (26) que não disputará a semifinal do WTA de Cincinnati (EUA), programada para esta quinta-feira, como forma de protestar contra a injustiça racial.

A jogadora, que ocupa a décima posição do ranking mundial, fez o anúncio com uma postagem em seu perfil no Twitter na qual afirmou: “Antes de ser uma atleta, sou uma mulher negra”.

O anúncio de Osaka foi feito após jogadores da NBA se negarem a entrar em quadra para disputarem jogos dos playoffs como forma de protesto contra a injustiça racial.

As ações acontecem após o caso Jacob Blake, no qual o homem negro foi baleado pelas costas pela polícia em Kenosha, Wisconsin, no último domingo (23).

Edição: Fábio Lisboa

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias