Treze é campeão paraibano após nove anos de jejum

Galo perde por 1 a 0 para o Campinense, mas vence no placar agregado

Publicado em 15/08/2020 - 20:06 Por Maurício Costa - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

Após nove anos de espera, o Treze Futebol Clube finalmente conquistou, neste sábado (15), o Campeonato Paraibano. Mesmo perdendo por 1 a 0 para o Campinense, no Estádio Amigão, em Campina Grande. Como havia vencido a partida de ida por 2 a 0, o Galo garantiu o 16º título estadual em sua história.

Apesar de ter a vantagem, o Treze começou o jogo partindo pra cima. O Galo acertou o travessão adversário logo aos 3 minutos do primeiro tempo, em finalização de Douglas Lima. O goleiro Wellington ainda desviou antes de a bola explodir na trave. Aos 10 minutos, Wellington teve que trabalhar novamente em chute de Vinícius Barba. No rebote, Frontini marcou o gol, mas o camisa 9 estava em posição irregular, e o juiz invalidou a jogada. O goleiro do Campinense apareceu novamente aos 17 minutos, quando salvou com os pés novo arremate de Frontini.

O Campinense só foi assustar aos 35 minutos. Alex Travassos cruzou e Calixto não chegou. A bola sobrou para Fábio Júnior que, na pequena área, chutou por cima do gol. A Raposa melhorou e teve outra chance, aos 39 minutos. Fábio Júnior recebeu passe de Bismarck, mas finalizou mal. Mesmo com a pressão do Campinense, foi o Treze que teve a melhor oportunidade do primeiro tempo. Aos 44 minutos, Léo Pereira cruzou na área para o chute de Tales. O goleiro Wellington Lima salvou com uma bela defesa. No rebote, a bola sobrou para Alexandre Santana, livre, concluir na rede pelo lado de fora.

O Treze voltou para o segundo tempo com o regulamento debaixo do braço. Recuado, o Galo deu espaços para o Campinense atacar. A Raposa marcou o gol da vitória aos 20 minutos. Rafael Ibiapino cruzou e Léo Pereira falhou. Juliano aproveitou a chance e, dentro da pequena área, chutou forte para abrir o placar.

O gol animou o Campinense que foi com tudo para o ataque. Apesar das chances criadas, a Raposa parou nas defesas milagrosas do goleiro Jeferson. No último lance do jogo, Reinaldo Alagoano, que entrou no segundo tempo, cabeceou tirando tinta do travessão. No fim, mesmo com a derrota, o Treze comemorou o título do Campeonato Paraibano.

Times:

Treze: Jeferson, Léo Pereira, Breno Calixto, Nilson Júnior e Gilmar; Robson, Vinícius Barba (Alisson Cassiano) e Alexandre Santana (Bruno Mota); Tales (Edson Carioca), Douglas Lima (Gustavo) e Frontini (Ermínio). Técnico: Moacir Júnior

Campinense: Wellington Lima, Alex Travassos (Matheus Silva), Alex Maranhão, Breno e Matheus Camargo. Elielton, Juliano, Caio Breno (Allefe)e Bismarck (Pedro Maycon). Rafael Ibiapino e Fábio Júnior (Reinaldo Alagoano). Técnico: Hélio Cabral.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias