Surfe: ataque de tubarão causa adiamento de etapa do mundial feminino

Vítima é atleta amador que estava na água antes do início das baterias

Publicado em 08/12/2020 - 17:46 Por Agência Brasil - Rio de Janeiro

A WSL (Liga Mundial de Surfe) anunciou que o Maui Pro, primeira etapa do Circuito Mundial de Surfe feminino, não terá disputas nesta terça-feira (8) por causa de um ataque de tubarão em Honolua Bay (Havaí), local da competição.

Segundo anúncio da WSL, o ataque aconteceu antes do início das baterias da competição, e a vítima foi um surfista amador.

“Não haverá competição no Maui Pro hoje, após incidente com tubarão envolvendo um surfista amador na manhã de hoje em Honolua Bay. A WSL está trabalhando com as autoridades e nossos pensamentos estão com a vítima deste incidente. O Maui Pro está em espera até novo aviso”, diz a entidade máxima do surfe mundial.

Brasileira na disputa

O Maui Pro será reiniciado justamente com a disputa entre a brasileira Tatiana Weston-Webb e a norte-americana Sage Erickson pelas quartas de final da competição.

Edição: Fábio Lisboa

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias