Cruzeiro vira sobre Caldense e assume ponta do Mineiro

Raposa cresce na etapa final e garante vitória com gol de Edu no fim

Publicado em 05/02/2022 - 19:28 Por Maurício Costa - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

Com um gol no último minuto, o Cruzeiro venceu, de virada, a Caldense por 2 a 1, no Ronaldão, em Poços de Caldas, e assumiu temporariamente a liderança do Campeonato Mineiro. A Raposa chegou a 9 pontos, mas pode ser ultrapassada por América e Atlético, que ainda jogam nesta rodada.

O jogo

Apesar de o Cruzeiro ter mais posse de bola, a Caldense era quem chegava com mais perigo no primeiro tempo. O time da casa não demorou muito para abrir o placar. Aos 12 minutos, João Diogo recebeu pela direita, puxou para o meio e arriscou. A bola bateu em Maicon, enganou Rafael Cabral, e entrou no canto esquerdo do goleiro.

A Raposa só foi criar uma grande chance aos 48 minutos, em cobrança de falta de Marco Antônio, na entrada da área. A bola passou tirando tinta do travessão.

A segunda etapa foi bem equilibrada, com oportunidades para as duas equipes. A Caldense obrigou o goleiro Rafael Cabral a fazer grande defesa logo aos 5 minutos, após chute forte de fora da área de Alemão. O Cruzeiro respondeu aos 15 minutos. Rafael Santos cruzou para Pedro Castro, que arrematou com força, mas por cima do gol de Renan Rinaldi.

A Raposa cresceu no jogo e aproveitou o lado esquerdo de ataque, principalmente com Bidu. O lateral-esquerdo sofreu falta quando tentava mais uma investida. Na cobrança, Giovanni bateu rasteiro, no canto direito do goleiro, e deixou tudo igual.

No lance seguinte, o Cruzeiro quase marcou o segundo. Rafael Santos subiu pela esquerda e tentou o cruzamento, a bola acabou desviando na defesa, encobriu Renan Rinaldi e bateu no travessão. A virada só não veio antes dos acréscimos porque Renan Rinaldi fez um milagre aos 45 minutos. Cobrança de escanteio pela esquerda, Brock cabeceou sozinho e o goleiro se jogou no cantinho para salvar a Caldense.

No fim da partida, Giovanni, do Cruzeiro, e Paulo Vitor, da Caldense, discutiram no gramado e o árbitro Felipe Fernandes Lima mostrou cartão vermelho para os dois. Quando tudo se encaminhava para o empate, a Raposa fez o gol da vitória. Aos 51 minutos, cobrança de escanteio pela direita, Maicon desviou de cabeça e a bola sobrou para Edu, que dominou no peito e fuzilou, de voleio, para decretar a vitória.

Na próxima rodada, o Cruzeiro enfrenta o Democrata na quarta-feira (9), às 19h30 (horário de Brasília) no Mineirão. Já a Caldense pega a Patrocinense, também na quarta-feira, mas às 20h30.

Edição: Fábio Lisboa

Últimas notícias