Fortaleza tem policiamento reforçado neste feriado de Tiradentes

Publicado em 21/04/2017 - 09:32 Por Edwirges Nogueira - Correspondente da Agência Brasil - Fortaleza

As ações de policiamento neste feriado de Tiradentes (21) foram reforçadas para evitar novos ataques a veículos do transporte público em Fortaleza. Segundo a Polícia Militar, 346 agentes, de todos os comandos da corporação, atuarão na segurança na capital cearense, com atenção especial aos bairros onde ônibus foram incendiados.

Além desse efetivo, segundo o secretário da Segurança do Ceará, André Costa, o esquema envolve o monitoramento das linhas de ônibus com o auxílio de helicópteros e a permanência da escolta de veículos em comboio.

“Também temos o reforço da Polícia Civil, para que vá atrás, busque e verifique as informações e faça mais prisões. O que não podemos é permitir que alguém saia impune de tudo o que aconteceu.”

Os ataques em Fortaleza começaram na tarde de quarta-feira (19) e já têm o saldo de 24 veículos incendiados, sendo 21 ônibus e três carros de órgãos públicos, três delegacias e duas agências bancárias alvejadas com disparos de armas de fogo e 16 pessoas presas.

Em todos os episódios envolvendo ônibus do transporte regular de passageiros, as pessoas foram retiradas dos veículos. Mesmo assim, dois trabalhadores se feriram. Na quarta, um motorista teve dificuldades de se soltar do cinto de segurança e teve queimaduras leves. Já ontem (20), um cobrador, deficiente físico, não conseguiu sair e sofreu queimaduras em 90% do corpo. Ele está internado no Instituto Dr. José Frota (IJF) e seu estado é considerado grave.

A investigação dos ataques está a cargo da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), que analisa algumas possíveis causas. Um delas faz menção a transferências de internos de unidades penitenciárias do Ceará. Já outra se refere a supostas cartas encontradas em locais onde ônibus foram queimados assinadas por uma facção criminosa chamada Guardiões do Estado (GDE).

*com apoio da TV Ceará, emissora parceira da TV Brasil

Edição: Aécio Amado

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Polícia Civil do Rio de Janeiro.
Direitos Humanos

Rio: operação prende suspeitos de violência contra a mulher

De acordo com a delegada Sandra Ornellas, somente em 2019 as delegacias de atendimento à mulher no Rio indiciaram 16.703 suspeitos de violência doméstica e familiar.

O jogador Guerrero, do Internacional
Esportes

Três jogos fecham segunda rodada da Série A do Brasileirão

São Paulo, Fortaleza, Internacional, Santos, Vasco e Sport entram em campo na noite desta quinta-feira pelo nacional de futebol.

 Escultura do Cristo Redentor na praia de Copacabana.
Saúde

Cristo Redentor passa por desinfecção antes da reabertura no sábado

Até agora, já foram feitas mais de 400 desinfecções em locais públicos como rodoviárias, aeroportos, estações de trens, metrôs e barcas, hospitais e unidades de saúde e asilos.

Presidente russo, Vladimir Putin, visita hospital de Moscou com roupa de proteção
Internacional

Rússia: médicos serão vacinados contra covid-19 em duas semanas

Alexander Gintsburg, diretor do Instituto Gamaleya, produtor da vacina, disse que o país planeja ter capacidade para produzir 5 milhões de doses por mês entre dezembro e janeiro.

Pesquisadores retiram soro de cavalo
Saúde

Soros produzidos por cavalos têm anticorpos potentes para covid-19

O coordenador do projeto, Jerson Lima Silva, da UFRJ, apresenta os resultados da pesquisa hoje (13) à noite, durante simpósio sobre covid-19 na Academia Nacional de Medicina, no Rio.

Funcionário da CureVac demonstra fluxo de pesquisa para vacina contra coronavírus em Tuebingen, na Alemanha
Internacional

Instituto alemão diz que vacina pode estar disponível logo

Em comunicado, o Instituto Robert Koch informou em seu site que uma primeira vacina poderá estar pronta até o outono de 2020, mas que o impacto pode ser moderado devido a mutações virais.