Celular pós-pago é o serviço de telecomunicação mais bem avaliado por usuários

Publicado em 13/03/2018 - 18:20 Por Luciano Nascimento - Repórter da Agência Brasil - Brasília

O resultado da pesquisa de satisfação e qualidade dos serviços de telecomunicação divulgado hoje (13) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) mostra o serviço de telefonia móvel pós-paga em primeiro lugar na avaliação dos usuários em 2017.

Em segundo e terceiro lugares aparecem os serviços de TV por assinatura e telefonia fixa. A telefonia celular pré-paga e o serviço de banda larga fixa tiveram as piores avaliações dos consumidores.

O sistema envia o alerta por mensagens de texto para os celulares em caso de iminência de desastres naturais

A telefonia móvel pós-paga foi o único serviço a melhorar em todos os sete indicadores avaliadosAgência Brasil/EBC

No total, foram realizadas 140 mil entrevistas de 26 de julho a 3 de dezembro de 2017. Os usuários atribuíram notas de 0 (nada satisfeito) a 10 (totalmente satisfeito) às suas prestadoras de telecomunicação e serviços ofertados.

Segundo a Anatel, a telefonia móvel na modalidade pós-paga marcou 6,99 pontos e foi o único serviço a melhorar em todos os sete indicadores avaliados (canais de atendimento, atendimento telefônico, oferta e contratação, funcionamento, cobrança e recarga, reparo e instalação, e capacidade de resolução das demandas dos consumidores). Em 2016, o serviço recebeu 6,86 pontos.

O estado com o serviço de celular pós-pago melhor avaliado foi o Amazonas, onde obteve 7,23 pontos. Entre as prestadoras, a melhor avaliada, com 8,32, foi a Porto Seguro. A empresa opera nos estado de São Paulo e Rio de Janeiro. E, seguida vem a Vivo, com 7,26; e a TIM, com 7,16.

A TV por assinatura teve nota final de 6,93. O estado que apresentou a maior satisfação com o serviço foi o Maranhão, com 7,42 pontos. Entre as prestadoras, a melhor avaliada foi a Nossa TV, com 8,96 pontos. Em seguida vem a Cabo Telecom, com 7,68, que tem forte presença no Rio Grande do Norte; e a Claro, com nota final 7,24.

Já o serviço de telefonia fixa recebeu avaliação final de 6,92 em 2017. O resultado é praticamente estável em relação ao ano anterior, quando marcou 6,93. A nota mais alta, de 7,24 pontos, novamente ficou com o Amazonas. Entre as prestadoras, as melhores avaliadas por seus consumidores estão a Sercomtel, com 8; a Algar Telecom com 7,69; e a TIM, que marcou 7,58.

Apesar de ter melhorado em relação a pesquisa anterior, a telefonia móvel pré-paga ficou na frente apenas do serviço de banda larga fixa, o pior entre os cinco serviços avaliados. Em 2017, os entrevistados atribuíram nota final ao serviço pré-pago de 6,83, contra 6,78 em 2016.

De acordo com a Anatel o estado que apresentou maior satisfação foi Rondônia, que marcou 7,18. Entre as prestadoras, as que operam regionalmente obtiveram os melhores resultados. Com avaliação final de 7,71, a Sercomtel, que atua no interior do Paraná, ficou em primeiro. Em seguida, vem a Algar Telecom, que atua na região do Triangulo Mineiro e parte de Goiás e São Paulo, com 7,41. Em terceiro ficou a Claro, com 6,92.

A pior avaliação ficou com a banda larga fixa, que marcou 6,23. O serviço, caiu em relação à avaliação de 2016, quando obteve 6,26 de nota final. “Foi o único dos serviços de telecomunicações a apresentar queda significativa no ano passado”, disse a Anatel.

A maior satisfação com o serviço foi no Rio Grande do Norte, com 7,04. As prestadoras mais bem avaliadas são a Cabo Telecom, com nota final de 7,64; a TIM, que marcou 7,54; e a Brisanet, que atua principalmente no Nordeste e recebeu 7,28 de notal final.

Edição: Davi Oliveira

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Live da Semana - Presidente Jair Bolsonaro - 06/08/2020
Política

Pazuello diz que estados estão mais preparados para enfrentar pandemia

Ministro interino da Saúde participou de live ao lado do presidente. Mudança de protocolo do ministério foi um dos fatores que deixou estados mais preparados.

A cúpula  maior, voltada para cima, abriga o Plenário da Câmara dos Deputados.
Política

Senado aprova redução de prazos para revalidação de diplomas

O PL prevê a revalidação em prazo entre 30 e 60 dias no caso de instituições estrangeiras reconhecidas pelo Ministério da Educação e contam com um processo simplificado. 

Escola fechada por cinco dias após relatos de coronavírus.
Justiça

Justiça suspende retorno das aulas presenciais na rede privada do DF

A retomada foi autorizada na terça-feira pela primeira instância após outra decisão que a proibiu. Algumas escolas chegaram a retomar as atividades nesta quinta-feira.

Saúde

Ministério da Saúde monitora síndrome em crianças associada à covid-19

Síndrome inflamatória multissistêmica ocorre em crianças de 7 meses a 16 anos. Até agora, foram notificados 71 casos no Brasil e registradas três mortes.

Incêndio no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Divulgação/Parnaso)
Geral

Bombeiros combatem fogo na Serra dos Órgãos pelo terceiro dia seguido

Criado em 1939, o Parnaso é o terceiro parque mais antigo do país e costuma ser procurado para prática de esportes de montanha, como escalada, caminhada e rapel.

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, apresenta a versão digital do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVe).
Justiça

Preso pela PF, Baldy pede licença de cargo de secretário

Em nota, governo estadual destaca competência e postura idônea de Alexandre Baldy e informa que o secretário executivo Paulo Galli comandará temporariamente a pasta.