Homens armados atacam ocupantes de fazenda no norte de Minas

Publicado em 09/03/2018 - 12:08 Por Alex Rodrigues - Repórter da Agência Brasil - Brasília

Ao menos seis sem-terra foram feridos por homens armados acusados de atacar um grupo de cerca de 120 pessoas que desde 18 de fevereiro ocupa fazenda Norte América em Capitão Enéas, no norte de Minas Gerais. O ataque aconteceu na tarde desta quinta-feira (8).

Segundo a Polícia Militar, vários homens chegaram à fazenda a bordo de um caminhão-baú e começaram a atirar contra os sem terra. Dois integrantes da Frente Nacional de Luta Campo e Cidade foram baleados, entre eles o coordenador do movimento, Thiago Coimbra Silva, de 32 anos. Atingido na cabeça e na perna, ele foi levado em estado grave para o Hospital e Santa Casa Nossa Senhora da Guia, em Capitão Enéas. Em seguida foi transferido para outro estabelecimento de Montes Claros e submetido a uma cirurgia.

Outros quatro sem terra sofreram ferimentos leves, entre eles dois adolescentes que afirmam ter sido agredidos com coronhadas na cabeça, um idoso José Felizardo Cunha, de 76 anos, e uma senhora Maria Joana Soares Ferreira, de 59 anos. Os quatro feridos receberam atendimento médico em Capitão Enéas e liberados em seguida.

Sete funcionários da Fazenda Norte América foram detidos, entre eles o motorista do caminhão, que foi encontrado a alguns quilômetros do local do ataque, com o para-brisas trincado. Os funcionários detidos são, segundo a Polícia Militar, suspeitos de participar do ataque. O advogado dos administradores da fazenda, Robson Alves Lima, compareceu voluntariamente à delegacia de Montes Claros, onde prestou informações aos investigadores.

Policiais militares apreenderam uma garrucha de fabricação caseira; cápsulas deflagradas calibres 12, 20 e 38; um rádio transceptor; uma balaclava (máscara) preta; um distintivo da Polícia Civil; cinco aparelhos celulares e R$ 670 reais em dinheiro. Equipes locais e de policiamento especializado enviados para o local permanecem nas proximidades da fazenda ocupada.

A reportagem não conseguiu contato com os administradores da fazenda, nem com os representantes da Frente Nacional de Luta Campo e Cidade.

Edição: Valéria Aguiar

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
A presidente do Conselho do Programa Pátria Voluntária, Michelle Bolsonaro, durante o Lançamento do projeto Arrecadação Solidária contra o coronavírus
Política

Primeira-dama Michelle lamenta falecimento da avó por covid-19

Maria Aparecida foi internada no dia 1º de julho no Hospital Regional de Ceilândia e chegou a ser encaminhada para a Unidade de Tratamento Intensivo. Ela faleceu na madrugada de ontem.

Sede da Polícia Federal em Brasília
Geral

PF cumpre 36 mandados de prisão em oito estados e no DF

Valor das contratações suspeitas de irregularidades em Roraima chega a R$ 50 milhões. Dinheiro foi utilizado na aquisição de insumos médico-hospitalares básicos para combate à covid-19.

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, participa do programa Voz do Brasil.
Política

Governo regulamenta serviços de retransmissão de rádio

“Iniciativa do governo federal e do Ministério das Comunicações para levar emprego aos estados do Mato Grosso, TO, AM, PA, AP, AC, RO e MA”, diz ministro.

Aplicativo Caixa Tem
Economia

Caixa libera saque de auxílio emergencial para 4 milhões de pessoas

O crédito na poupança social para os beneficiários nascidos em maio foi feito no dia 5 deste mês.

vacina, Moderna, imagem ilustrativa
Internacional

Argentina e México vão produzir vacina da Oxford

Entrega é prevista a partir da primeira metade de 2021, em função dos resultados dos estudos da Fase 3 de testes e das aprovações regulatórias. Brasil também firmou acordo com a AstraZeneca.

Polícia Civil do Rio de Janeiro.
Direitos Humanos

Rio: operação prende suspeitos de violência contra a mulher

De acordo com a delegada Sandra Ornellas, somente em 2019 as delegacias de atendimento à mulher no Rio indiciaram 16.703 suspeitos de violência doméstica e familiar.