Cade e PF realizam operação para investigar cartel em licitações

Publicado em 31/10/2018 - 11:05 Por Alex Rodrigues - Repórter da Agência Brasil - Brasília

A Polícia Federal (PF) e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) deflagraram hoje (31) uma operação conjunta para aprofundar as investigações a respeito de um suposto cartel formado para fraudar licitações realizados por órgãos federais para contratação de serviços terceirizados.

Desde as primeiras horas da manhã, cerca de 40 policiais federais e 28 servidores do Cade estão cumprindo mandados de busca e apreensão em 13 empresas com sede no Distrito Federal. Segundo o Cade, quase 500 procedimentos de contratações de serviços terceirizados por órgãos públicos federais realizados desde 2014 podem ter sido fraudadas.

Apelidada de Ponto de Encontro, a operação tem origem em investigações iniciadas a partir da representação de um servidor do Cade que identificou indícios de possível irregularidade em pregão eletrônico para contratação de serviços de brigadistas. O fato levantou outras suspeitas, tendo em vista que um cartel raramente se organiza para fraudar um único certame.

A partir de técnicas modernas, como filtros econômicos (screening) e técnicas de mineração de dados, a Superintendência-Geral do Cade detectou outras empresas cuja participação em licitações federais sugeria um comportamento semelhante ao da inicialmente investigada. A descoberta de indícios de suposta comunicação entre as empresas reforçou as suspeitas.

Edição: Lílian Beraldo

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias