Relatório aponta mineração como causa de rachaduras em Maceió

Publicado em 08/05/2019 - 18:15 Por Luciano Nascimento - Repórter da Agência Brasil - Brasília

Relatório do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), órgão do Ministério de Minas e Energia, divulgado hoje (8), apontou a mineração como a principal causa para o surgimento das rachaduras em imóveis e ruas nos bairros do Pinheiro, Mutange e Bebedouro, em Maceió (AL). O impacto na região é causado pela extração de sal-gema - utilizado na fabricação de soda cáustica e PVC - por parte da Braskem.

O problema começou no ano passado, quando diversos imóveis da região vem apresentando rachaduras, além de afundamentos em moradias e vias públicas. Esses fenômenos se intensificaram após as fortes chuvas de verão, ocorridas em 15 de fevereiro de 2018, e o abalo sísmico no dia 3 de março do mesmo ano. Diversas moradias foram interditadas.

De acordo com o CPRM, o relatório é conclusivo, e mostra que a mineração realizada de forma inadequada está gerando a desestabilização das cavidades do terreno, provocando a movimentação do sal. Essa movimentação leva ao afundamento do terreno e também é a causa das trincas no solo e nas edificações.

Elaborado durante um ano por uma equipe que envolveu mais de 50 profissionais, o documento diz ainda que os danos na superfície são agravados pelo aumento da infiltração da água de chuva em fraturas/falhas preexistentes, bem como por novas fraturas.

"Este processo erosivo é acelerado pela existência de pequenas bacias endorreicas, falta de uma rede de drenagem pluvial efetiva e de saneamento básico adequado", diz o relatório.

O estudo não traz o número de pessoas impactadas pelas rachaduras. Mas, de acordo com o CPRM, houve um aumento da área de risco, antes restrita apenas no bairro do Pinheiro. Um novo mapa incluindo também o Mutange e Bebedouro deve ser divulgado.

Antes de chegar à conclusão de que a atividade da Braskem na região foi responsável pelo problema, o CPRM descartou as hipóteses de que os afundamentos e rachaduras tivessem sido causado por atividade sismológica, ocupação irregular do terreno ou extração irregular de água subterrânea na região.

O relatório recomendou a adoção de medidas de prevenção para tentar estabilizar os processos erosivos. Entre elas, ações de saneamento básico como instalação de rede drenagem eficiente nos bairros e demais obras estruturantes.

Braskem

Em nota, a Braskem disse que analisará os resultados apresentados e que desde o início do agravamento das rachaduras e fissuras vem colaborando com as autoridades na identificação das causas e informando com transparência e responsabilidade os estudos realizados por empresas de renome internacional.

"A Braskem tem compromisso com a segurança das pessoas, tanto de seus integrantes quanto das comunidades em que atua, e analisará juntamente com as autoridades a melhor orientação sobre suas operações locais. A empresa possui laços com Alagoas há mais de quatro décadas e mantém seu compromisso inegociável com a sociedade alagoana", disse a Braskem.

A empresa disse também que continuará com as ações emergenciais que já executa no bairro, "o que inclui a inspeção dos sistemas subterrâneos de drenagem, a instalação de estação meteorológica e de equipamentos de GPS de alta precisão para detecção da movimentação do solo, entre outras medidas, a fim de evitar o agravamento dos problemas no bairro frente ao ciclo chuvoso e com vistas a proteger a segurança das pessoas".

Edição: Fernando Fraga

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Teste rápido de COVID-19
Saúde

Estado do Rio registra quase 179 mil casos de covid-19

A capital lidera o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus (74.421 casos). Em seguida vem Niterói (9.380) e São Gonçalo (9.298), ambas na Região Metropolitana.  

 


 

VITÓRIA ATLÉTICO MINEIRO E EMPATE DO SANTOS
Esportes

Flamengo perde para o Atlético mineiro no Maracanã

 

Na segunda rodada, o Atlético recebe o Corinthians em jogo previsto para  quinta-feira (13). Já o Flamengo enfrenta um dia antes (12), o Atlético Goianiense.

 

Manifestantes carregam bandeiras nacionais durante um protesto contra o governo no centro de Beirute, Líbano, em 20 de outubro de 2019
Internacional

Polícia entra em confronto com manifestantes em Beirute

Milhares de pessoas foram para a Praça do Parlamento e para a Praça dos Mártires Os manifestantes tentaram entrar em uma área isolada e invadiram os escritórios de ministérios.

Teste rápido de COVID-19
Saúde

Brasil registra 3 milhões de casos de covid-19 e 101 mil mortes

Dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde no início da noite deste domingo (9). Nas últimas 24 horas, o país registrou 23.010 novos casos e 572 mortes. 

Esportes

STJD aceita pedido do Goiás e partida contra o São Paulo é adiada

Cancelamento ocorreu 10 minutos antes do jogo começar. É que 10 jogadores testaram positivo para o novo coronavírus, sendo 8 titulares. Partida ainda não tem nova data.

 

O filme Yover, produzido por Edison Sanchez e Miguel Zanguña Billalva, será exibido na Mostra Ecofalante
Geral

Mostra traz filmes de 24 países sobre questões ambientais e sociais

O 9 º Festival Ecofalante vai de 12 de agosto a 20 de setembro. Terá sessões online por causa da pandemia. Os filmes ficam disponíveis por períodos que variam de 24 horas a dez dias.