Retrospectiva 2019 - Relembre as principais notícias de outubro

Publicado em 29/12/2019 - 06:00 Por Liliane Farias - Brasília

Em outubro, a Igreja Católica reconheceu a primeira santa brasileira. Irmã Dulce foi canonizada e passou a se chamar Santa Dulce dos Pobres.

Astronautas fizeram a primeira caminhada 100% feminina no espaço. E o Brasil conquistou o primeiro lugar na Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica (OLAA).

No futebol feminino, Corinthians venceu o Ferroviária por 2 a 0 e conquistou o bicampeonato da Copa Libertadores Feminina.

A Agência Brasil venceu o 7º Prêmio Ação pela Água.

O governo federal lançou o programa Salve Uma Mulher e o Senado aprovou projeto de lei da cessão onerosa.

Sarampo

O Brasil intensificou a imunização contra o Sarampo e realizou o "Dia D de Vacinação". O país atingiu a meta global de vacinação de sarampo para crianças de 6 meses a menores de 1 ano, com o registro de 95% da população geral nessa faixa etária imunizada. A vacina também está disponível na rede pública de saúde para jovens e adultos.

Leia mais

Tufão Hagibis

Um dos tufões considerados mais poderosos causou dezenas de mortes, destruição e prejuízos ao Japão. Hagibis forçou o transbordamento de rios que atingiram ao mínimo 16 províncias. O Ministério da Agricultura, Silvicultura e Pesca do Japão informa que chega a US$ 900 milhões o valor dos estragos causados ao setor pelo tufão.

Leia mais

Protestos no Chile

Os protestos contra o governo começaram em Santiago e se estendem a outras cidades. O aumento no preço dos bilhetes do metrô, que transporta diariamente cerca de 3 milhões de passageiros, desencadeou as violentas manifestações contra o elevado custo de vida e as desigualdades sociais no país. Segundo o Ministério da Justiça e Direitos Humanos chileno, a onda de protestos e tumultos deixou 20 mortos, centenas de pessoas feridas e mais de 9 mil presas.

Leia mais

Refugiados no Brasil

Estimativas do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) revelam que quase 10 mil crianças e adolescentes venezuelanas, em situação de vulnerabilidade, migraram para o Brasil entre 2015 e 2019.

Leia mais

Jogos Mundiais Militares

A TV Brasil transmitiu a cerimônia de abertura da sétima edição dos Jogos Mundiais Militares, realizados em Wuhan, na China. O Brasil alcançou a meta de permanecer entre as três maiores potências desportivas militares entre todas as nações que integram o Conselho Internacional do Esporte Militar (CISM). Conquistou 88 medalhas (21 ouros, 31 pratas e 36 bronzes). A primeira posição ficou com a China, com 239 conquistas (133 ouros, 64 pratas e 42 bronzes), enquanto a Rússia foi a segunda, com 161 premiações (51 ouros, 53 pratas e 57 bronzes).

Leia mais

Obituário

O ator e diretor Jorge Fernando morreu aos 64 anos, no Rio de Janeiro. Segundo o hospital Copa Star, Jorge Fernando morreu devido a uma parada cardíaca em decorrência de uma “dissecção de aorta completa”.

O cosmonauta russo Alexei Leonov morreu, em Moscou, aos 85 anos. Ele foi o primeiro homem a caminhar no espaço sideral. O pioneiro andou do lado de fora de uma espaçonave em 1965. A informação foi confirmada pela Agência Espacial Estadunidense (Nasa) e pela agência de notícias russa Tass.

O ex-presidente do Bradesco, Lázaro de Mello Brandão, morreu em São Paulo, aos 93 anos. A assessoria de imprensa do banco não informou a causa do falecimento. Lázaro era economista e iniciou sua atividade profissional em 1942, na cidade de Marília, como escriturário na então Casa Bancária Almeida & Cia., que se transformou, em 1943, no Bradesco.

O ator, produtor e diretor de TV Maurício Sherman morreu aos 88 anos, no Rio de Janeiro. De acordo com a Globo, Sherman foi vítima de complicações decorrentes de doença renal crônica.

O jornalista e escritor Saulo Gomes faleceu aos 91 anos, após sofrer um infarto em Ribeirão Preto, interior paulista. Gomes ingressou no jornalismo em 1965, como repórter da Rádio Continental. Ele foi um dos pioneiros da televisão brasileira e teve como destaque em sua carreira duas entrevistas com o médium Chico Xavier, uma em 1968 e outra em 1971.

O cantor e compositor Walter Franco morreu aos 74 anos, em São Paulo. Ele havia sofrido acidente cardio-vascular 15 dias antes do falecimento e passou por tratamento paliativo.

O cientista político Wanderley Guilherme dos Santos morreu aos 84 anos, vítima de pneumonia. Wanderley escrevia sobre teoria política, democracia, cidadania e ação coletiva. Ganhou reputação nacional aos 27 anos ao escrever, em 1962, um artigo com ampla repercussão, com o título Quem vai dar o golpe no Brasil?, dois anos antes da deposição do ex-presidente João Goulart.

Leia mais

Edição: Narjara Carvalho

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias