Retrospectiva 2019 - Relembre as principais notícias de novembro

Publicado em 30/12/2019 - 06:00 Por Liliane Farias - Brasília

No mês de novembro, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que a expectivativa de vida do brasileiro subiu para 76,3 anos. De acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), a mortalidade infantil diminuiu no Brasil. Entre 1996 e 2017, 827 mil vidas foram salvas.

O governo fez balanço dos 300 dias de gestão e também lançou o Programa Verde e Amarelo para incentivar a qualificação profissional e a geração de emprego e de renda. A expectativa é gerar 4,5 milhões de empregos ao longo de três anos.

A Federação Internacional de Futebol (Fifa) baniu Ricardo Teixeira, ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O Conselho de Ética da entidade considerou Teixeira culpado por crimes de corrupção no período de 2006 a 2012.

O piloto inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, é hexacampeão mundial de Fórmula 1.

Justiça decretou a prisão do ex-presidente do Paraguai Horacio Cartes. Ele é investigado na Operação Patrón, um desdobramento da Operação Lava Jato, por corrupção, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa, em um esquema envolvendo o doleiro Dario Messer.

Reforma da Previdência

O Congresso Nacional (em uma sessão conjunta) promulga a reforma da Previdência quase nove meses após a proposta ser entregue pelo governo. O texto altera regras de aposentadorias e pensões para mais de 72 milhões de pessoas, entre trabalhadores do setor privado que estão na ativa e servidores públicos federais.

Leia mais

Leilão de Cessão Onerosa

O maior leilão já realizado na indústria do petróleo, a Rodada de Licitações dos Excedentes da Cessão Onerosa (excedente do volume de petróleo e gás que a União cedeu à Petrobras) teve uma arrecadação de R$ 69,960 bilhões em bônus de assinatura. 

Leia mais

Julgamento em Segunda Instância

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu contra a validade da execução provisória de condenações criminais, conhecida como prisão após a segunda instância. Por 6 votos a 5, a Corte reverteu seu próprio entendimento, que autorizou as prisões, em 2016. Segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o julgamento terá impacto na situação de 4,8 mil presos. 

Leia mais

Lula

Beneficiado pela decidão do STF, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou a carceragem da Polícia Federal em Curitiba, onde estava preso desde 7 de abril do ano passado pela condenação no caso do triplex do Guarujá (SP), um dos processos da Operação Lava Jato. 

Leia mais

PSL

O presidente Jair Bolsonaro anunciou a saída do Partido Social Liberal (PSL), pelo qual foi eleito, e também a criação de outra legenda chamada Aliança pelo Brasil.

Leia mais

Bolívia

Após a secretaria-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA) recomendar a anulação do primeiro turno das eleições presidenciais ocorridas na Bolívia, o presidente Evo Morales anunciou a realização de um novo pleito nacional e, logo em seguida, renunciou ao cargo. Dias depois, o México ofereceu asilo político a Morales, que se diz vítima de golpe de Estado. Assim que Alberto Fernández assumiu a presidência da Argentina, Evo Morales foi para Buenos Aires, na condição de refugiado. Jeanine Añez assumiu interinamente a presidência da Bolívia.

Leia mais

Enem

Quase 4 milhões de estudantes em todo o país fizeram as provas do Exame Nacional do Ensino Médio 2019, porta de entrada para o ensino superior do Brasil e de universidades estrangeiras. Neste ano, o tema da redação foi Democratização do Acesso ao Cinema no Brasil.

O Enem sofrerá mudanças nos próximos anos, entre elas, passará a ser aplicado por computador e terá que ser reformulado para avaliar estudantes de um novo modelo de ensino médio.

Leia mais

Flamengo

A equipe carioca venceu o River Plate, da Argentina, e conquistou a Taça Libertadores da América após 38 anos. Com o título, o Flamengo garantiu vaga para disputar o Mundial de Clubes. O time rubro-negro também conquistou o Campeonato Brasileiro de 2019 com quatro rodadas de antecência.

Leia mais

Obituário

O apresentador Antônio Augusto Moraes Liberato, mais conhecido como Gugu Liberato, morreu em decorrência de um acidente ocorrido em sua casa na Flórida, Estados Unidos. O apresentador tinha 60 anos. Segundo nota divulgada pela assessoria de imprensa do apresentador ele sofreu uma queda acidental, de uma altura de cerca de quatro metros, quando fazia um reparo no ar condicionado instalado em um sótão.

O ex-primeiro ministro japonês Yasuhiro Nakasone morreu aos 101 anos. Ele foi o primeiro premiê no período pós-guerra a visitar oficialmente o Santuário Yasukuni, em Tóquio, que homenageia os japoneses mortos em conflitos, incluindo líderes condenados por crimes de guerra após a Segunda Guerra Mundial.

O rabino Henry Sobel morreu aos 75 anos, em Miami, nos Estados Unidos, por complicações associadas a um câncer. Sobel foi presidente da Congregação Israelita Paulista até outubro de 2007 e é conhecido, principalmente, por sua luta em defesa dos direitos humanos durante o governo militar.

O cineasta Fábio Barreto morreu aos 62 anos, no Rio de Janeiro. A família não autorizou a divulgação de detalhes sobre a morte. Ele estava em coma desde que sofreu um acidente de carro em dezembro de 2009. Fábio dirigiu seu primeiro longa-metragem, Índia, a Filha do Sol (1982). Ele foi também diretor de O Quatrilho (1995), indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1996. Também dirigiu Lula, O Filho do Brasil (2009).

Leia mais

Edição: Narjara Bezerra

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias