Morre o escritor Luiz Garcia-Roza

Autor de romances policiais, escritor era também psicanalista

Publicado em 16/04/2020 - 17:24 Por Agência Brasil - Rio de Janeiro

Morreu hoje (16), aos 84 anos, o escritor de romances policiais e também psicanalista Luiz Alfredo Garcia-Roza. A informação foi divulgada por sua esposa, a escritora Livia Garcia-Roza, em sua conta no Facebook, mas a causa da morte não foi informada.

O escritor nasceu em 1936 no Rio de Janeiro. Formado em filosofia e psicologia, foi professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e é autor de oito livros sobre psicanálise e filosofia.

Estreou na literatura de ficção em 1996, aos 60 anos de idade, e tornou-se conhecido do grande público com uma série de romances policiais protagonizada pelo detetive Espinosa.

Seu romance de estreia, O Silêncio da Chuva, recebeu o Prêmio Jabuti em 1997, e foi traduzido para vários idiomas.

Garcia-Roza escreveu 12 romances, tendo quase todos como personagem principal o detetive Espinosa, com suas investigações e histórias ambientadas em Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro.

Edição: Nádia Franco

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias