Metade dos servidores do Palácio do Planalto está em teletrabalho

A frequência da higienização diária das salas foi ampliada

Publicado em 30/07/2020 - 20:25 Por Agência Brasil - Brasília

Cerca de metade dos servidores da Presidência da República está em trabalho remoto ou em escala de revezamento. De acordo com a Secretaria-Geral, dos quase 3,4 mil servidores do Palácio do Planalto, 31 estavam afastados do trabalho por terem apresentado resultado positivo para a covid-19 até a última sexta-feira (24).

Para assegurar a segurança dos trabalhadores, a frequência dos procedimentos de higienização diária realizados nas salas foi ampliada, com atenção especial às superfícies e aos equipamentos com maior probabilidade de contato interpessoal. O objetivo é minimizar a possibilidade de propagação da covid-19 nas dependências da Presidência da República.

As rotinas incluem a elaboração de cronograma de desinfecção para as áreas comuns e salas administrativas, as quais são atendidas mediante agendamento. A limpeza, que antes era majoritariamente manual, agora adota um modelo de execução automatizado.

O Planalto também realizou a compra adicional de dispenser para álcool em gel para todas as suas dependências. Atualmente, 494 unidades estão estrategicamente distribuídas. Desde o início da pandemia, servidores e colaboradores recebem orientações sobre cuidados pessoais, como higienização das mãos, uso correto de máscaras, distanciamento social e, inclusive, sobre os cuidados necessários ao chegar em casa, após o trabalho.

Edição: Aline Leal

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias