Missão da OEA acompanhará eleições presidenciais na Colômbia

Publicado em 21/05/2014 - 23:30 Por Leandra Felipe* - Correspondente da Agência Brasil/EBC - Bogotá

Observadores internacionais da Organização dos Estados Americanos (OEA) já estão na Colômbia para as eleições presidenciais do próximo domingo (25). A missão observadora, composta por 64 especialistas nas áreas de tecnologia, segurança e financiamento de campanha, começou hoje (21) a deslocar-se para os 24 departamentos (províncias) colombianas.

A missão é liderada pelo ex-presidente da Costa Rica José María Figueres, e tem observadores de 15 países da OEA. O chefe da missão informou que até o fim desta semana deve se reunir com os cinco candidatos à Presidência, com autoridades eleitorais, líderes sociais, representantes de organismos internacionais e diplomatas residentes em Bogotá.

Figueres enviou um comunicado à imprensa informando que está acompanhando as denúncias e escândalos divulgados nas últimas três semanas na Colômbia. O candidato Oscar Zuluaga apareceu em um vídeo no qual conversa com um hacker, funcionário de sua campanha, detido por espionar o processo de paz entre as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e o governo.

Do mesmo modo, o presidente Juan Manuel Santos foi atingido por denúncias de que seu publicitário de campanha, JJ Rendón, teria recebido U$ 12 milhões do narcotráfico durante a campanha presidencial de 2010, quando foi eleito pela primeira vez. Entretanto, ainda não foram apresentadas provas sobre a denúncia, inicialmente divulgada pelo ex-presidente e atual senador Álvaro Uribe.

A campanha foi oficialmente encerrada no fim de semana, e agora os candidatos participam de bate-papos com internautas e entrevistas em emissoras de rádio e televisão, mas já não há comícios e grandes eventos. Na última pesquisa de intenção de votos, divulgada no fim de semana, Santos aparecia com 28% das intenções de voto, um ponto a menos que Oscar Zuluaga, 29%. Outras pesquisas também indicaram empate técnico, com ligeira vantagem de Zuluaga. A tendência é que seja realizado um segundo turno, previsto para 15 de junho.

Cinco candidatos disputam as eleições no país. O presidente Juan Manuel Santos, que tenta a reeleição pela coalisão Unidade Nacional; Oscar Zuluaga, do Centro Democrático; Enrique Peñalosa, da Aliança Verde; Clara López, do Polo Democrático Alternativo e União Patriótica; e Marta Lucía Ramírez, do partido Conservador.

*Com informações da TV Multiestatal Telesur

 


Fonte: Missão da OEA acompanhará eleições presidenciais na Colômbia

Edição: Stênio Ribeiro

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias