Secretário da ONU quer ajuda 20 vezes maior para combater ebola na África

Publicado em 09/10/2014 - 14:44 Por Da Agência Brasil* - Brasília

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, disse hoje (9) que uma resposta eficiente e urgente ao surto de ebola é a melhor maneira de combater o medo da doença. Ele fez a declaração  durante encontro, em Washington, com representantes da ONU, do Banco Mundial, Fundo Monetário Internacional e com os presidentes da Libéria, Serra Leoa e Guiné, países mais afetados.

Ban Ki-moon disse que é preciso reforçar, pelo menos 20 vezes mais, a mobilização de recursos para enfrentar o ebola. Ele cobrou investimentos em equipamentos médicos, laboratórios móveis, helicópteros e veículos, além de treinamento do pessoal da área de saúde. A doença já matou quase 3,9 mil pessoas e deixou mais de 8 mil infectadas.

No discurso, lembrou que a África Ocidental, região mais afetada pelo ebola, está com medo. O secretário salientou que o mundo também teme a doença.

Ban Ki-moon elogiou o empréstimo de US$ 400 milhões do Banco Mundial, equivalentes a quase R$ 957 milhões. Conforme informou, o dinheiro será destinado aos governos dos três países mais afetados pelo ebola.

O secretário da ONU reconheceu a coragem de vários profissionais de saúde da Libéria, de Serra Leoa e da Guiné. Segundo Ban, a situação ainda vai piorar, antes de alcançar uma melhora. Aflertou que os casos de contaminação estão crescendo com rapidez.

Amanhã (10), a ONU promove encontro especial para debater respostas ao ebola. É a segunda reunião sobre o tema nas últimas duas semanas.

* Com informações da Rádio ONU e da Agência Lusa

Edição: Armando Cardoso

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Agência Brasil Explica
Saúde

Agência Brasil explica: como é feita média móvel de casos de covid-19

Epidemiologista diz que média móvel é indicador importante por ser de fácil entendimento e permitir a divulgação diária dos dados, mantendo a população mobilizada em relação às medidas de prevenção.

Teste rápido de COVID-19
Saúde

Estado do Rio registra quase 179 mil casos de covid-19

A capital lidera o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus (74.421 casos). Em seguida vêm Niterói (9.380) e São Gonçalo (9.298), ambas na região metropolitana. 

VITÓRIA ATLÉTICO MINEIRO E EMPATE DO SANTOS
Esportes

Flamengo perde para o Atlético mineiro no Maracanã

Na segunda rodada, o Atlético recebe o Corinthians em jogo previsto para  quinta-feira (13). Já o Flamengo enfrenta um dia antes (12), o Atlético Goianiense.

Manifestantes carregam bandeiras nacionais durante um protesto contra o governo no centro de Beirute, Líbano, em 20 de outubro de 2019
Internacional

Polícia entra em confronto com manifestantes em Beirute

Milhares de pessoas foram para a Praça do Parlamento e para a Praça dos Mártires Os manifestantes tentaram entrar em uma área isolada e invadiram os escritórios de ministérios.

Teste rápido de COVID-19
Saúde

Brasil registra 3 milhões de casos de covid-19 e 101 mil mortes

Dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde no início da noite deste domingo (9). Nas últimas 24 horas, o país registrou 23.010 novos casos e 572 mortes. 

Esportes

STJD aceita pedido do Goiás e partida contra o São Paulo é adiada

Cancelamento ocorreu 10 minutos antes do jogo começar. É que 10 jogadores testaram positivo para o novo coronavírus, sendo 8 titulares. Partida ainda não tem nova data.