Rússia manifesta enérgico protesto por expulsão de seus diplomatas

Publicado em 26/03/2018 - 13:50 Por Da Agência EFE - Moscou

Ministro de Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov

Ministro de Relações Exteriores da Rússia, Serguei LavrovEFE/KOCA SULEJMANOVIC/Arquivo/Direitos Reservados

A Rússia manifestou nesta segunda-feira (26) seu "enérgico protesto" pela decisão de países da União Europeia e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) de expulsar diplomatas russos por causa do caso do envenenamento do ex-espião russo Sergei Skripal, segundo declaração do Ministério de Relações Exteriores divulgada no site oficial. A informação é da EFE.

"Expressamos o nosso enérgico protesto pela decisão adotada", afirmou o ministério, que advertiu que a Rússia "reagirá".

"Acreditamos que este é um passo hostil e que não ajuda a estabelecer as causas e a busca pelos culpados", diz o texto sobre o ocorrido em 4 de março em Salisbury (Inglaterra), quando o ex-espião russo Sergei Skripal e sua filha, Yulia, foram envenenados, segundo o Reino Unido, com um produto químico de fabricação russa.

A diplomacia russa disse que este "gesto provocador" dos países que anunciaram expulsões de diplomatas russos "segue o jogo das autoridades do Reino Unido (...) e é a continuação da política de confronto que aponta a uma piora da situação".

Segundo o Executivo em Moscou, ao acusar infundadamente à Rússia do envenenamento de Skripal e sua filha, as autoridades britânicas "adotaram, de fato, uma postura parcial e hipócrita". A parte russa, conforme a declaração, solicitou informações ao Reino Unidos em várias ocasiões, mas não recebeu retornos, embora se trate de uma tentativa de assassinato de cidadãos russos em território britânico.

Edição: -

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
.coronavírus, pandemia, Covid-19
Saúde

Secretário adianta pontos da estratégia de vacinação para covid-19

Secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Correia, disse que está sendo feito o mesmo cálculo usado na vacinação contra influenza: cerca de 100 milhões de doses.

Palmeiras x Corinthians, Paulistão
Esportes

Corinthians e Palmeiras disputam hegemonia em finais do Paulistão

Decisão do título começa hoje (5) com o primeiro jogo no Itaquerão, às 21h30. Rivais estão empatados em número de vitórias em seis finais do estadual. 

O presidente da República, Jair Bolsonaro, fala durante a solenidade de Posse dos ministros  das Comunicações e da Ciência, Tecnologia e Inovações
Política

Bolsonaro diz a embaixador que Brasil vai ajudar o povo libanês

“O Brasil está solidário e manifestamos esse sentimento ao povo libanês. Estaremos presentes nessa ajuda àquele povo que tem alguns milhões de seus dentro do nosso país”, disse o presidente.

 A Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional se apresenta no Hospital da Criança de Brasília como parte do projeto Concertos da Saúde.
Geral

Orquestra Sinfônica de São Paulo e Masp apresentam série de concertos

Concertos vão combinar arte e música no auditório do Masp. Live será transmitida a partir das 20h no YouTube.

Austrália fecha fronteira estadual pela 1ª vez em 100 anos para deter coronavírus. Na foto, pessoas com trajes de proteção em Melbourne, Austrália
Internacional

Com aumento de mortes por covid-19, Austrália terá mais restrições

Segundo estado mais populoso da Austrália, Vitoria relatou crescimento recorde de 725 novos casos de covid-19, apesar de ter restabelecido o lockdown em Melbourne, a capital.

Teletrabalho, home office ou trabalho remoto.
Economia

Serviço público tem mais pessoal em trabalho remoto que setor privado

Resultados da pesquisa evidenciam desigualdade com números gerais de trabalho remoto no país com recortes também por idade, gênero, raça/cor e escolaridade, diz o Ipea.