Justiça procura mulher que esconde fogos em menina antes do River-Boca

Publicado em 25/11/2018 - 09:54 Por Agência EFE - Buenos Aires

A Justiça procura identificar uma mulher vista em um vídeo escondendo fogos no corpo de uma menina para, supostamente, levar o material explosivo  ao estádio durante a final da Taça Libertadores. A disputa foi adiada devido aos ferimentos sofridos por jogadores do Boca Juniors, após serem agredido por torcedores do River Plate.

A final estava marcada para ontem (24).

Informações de funcionários da Promotoria de Buenos Aires, encarregada de investigar os distúrbios na entrada do estádio Monumental de Nuñez, onde ia ocorrer a partida de volta da final da Libertadores entre ambas as equipes, disse que pelo menos 30 pessoas estão detidas por atentado e resistência à autoridade, assim como por danos agravados à propriedade pública.

A Justiça procura uma mulher que aparece em um vídeo, divulgado nas redes sociais, no qual é vista de costas usando fita adesiva para esconder fogos no corpo de uma menina, cercada de torcedores com camisas do River. 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias