Papa pede a Abbas esforços para reativar processo de paz com Israel

Publicado em 03/12/2018 - 15:12 Por Agência EFE - Cidade do Vaticano

O papa Francisco recebeu hoje (3), em audiência, o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, a quem pediu esforços para a reconciliação de todo o povo palestino e reativar o processo de paz com Israel, informou o Vaticano.

Em nota, a Santa Sé informou que na reunião também foi abordada a necessidade de "um empenho da comunidade internacional para que seja possível atender às legitimas aspirações de ambos os povos".

Por cerca 20 minutos de reunião a portas fechadas também se falou sobre o status de Jerusalém e a importância de "reconhecer e preservar a identidade e o valor universal da Cidade Santa para as três religiões abraâmicas [o judaísmo, o cristianismo e o islamismo]".

O papa Francisco e Abbas discutiram sobre outros conflitos que afligem o Oriente Médio e a "contribuição das comunidades religiosas para combater qualquer forma de extremismo e fundamentalismo".

Durante a reunião, o palestino presenteou o papa com uma pintura que representava a "velha cidade de Jerusalém" e um livro sobre as relações entre o Vaticano e a Terra Santa.

O papa entregou a Abbas um medalhão que representa a Basílica de São Pedro em 1600, sua encíclica Laudato si [Louvado sejas] e a última mensagem para a Jornada da Paz.

"Quis assiná-lo com a data de hoje. Rezemos pela paz neste Natal", disse Francisco, ao entregar o documento.

No dia 15 de novembro, o papa recebeu o presidente de Israel, Reuven Rivlin, a quem também ressaltou a "importância de construir uma maior confiança recíproca" diante da possibilidade de "um reatamento das negociações entre israelenses e palestinos" com o objetivo de "conseguir um acordo respeitoso com as legítimas aspirações dos dois povos". 

Últimas notícias