Uruguai elege hoje, em segundo turno, novo presidente

Publicado em 24/11/2019 - 08:32 Por Marieta Cazarré - Repórter da Agência Brasil - Montevidéu

Hoje (24), até às 19h30, cerca de 2,6 milhões de uruguaios vão às urnas para escolher, em segundo turno, quem será o presidente da República que governará o país nos próximos 5 anos. Os candidatos são Daniel Martínez, do partido de esquerda Frente Ampla (FA), e Luis Lacalle Pou, do Partido Nacional (PN), de direita. As pesquisas apontam para a vitória de Luis Lacalle Pou.

Várias sondagens foram divulgadas nos últimos dias. Apesar de uma pequena variação de percentuais, todas coincidem em que Luis Lacalle Pou deverá vencer, com cerca de 50% dos votos. Daniel Martínez deve ficar com cerca de 44% e os votos em branco e nulos devem somar aproximadamente 6%.

A coalizão de Daniel Martínez, Frente Ampla (FA) é de esquerda e está no poder há 15 anos. O atual presidente, Tabaré Vázquez, governou o país entre 2005 e 2010 pela primeira vez; foi sucedido pelo também frenteamplista José Pepe Mujica, de 2010 a 2015; e regressou à presidência novamente com mandato até 2020. A posse do novo presidente será no 1º de março de 2020.

Analistas apontam algumas razões para a queda do apoio popular à Frente Ampla. O desaste natural do exercício do poder por 15 anos, o desejo de mudança, o aumento da violência, da insegurança e do desemprego no país, a economia estancada, entre outros fatores.

Aproveitando este contexto negativo para a FA, o candidato de direita Luis Lacalle Pou se aliou ao terceiro e ao quarto candidatos mais votados em primeiro turno e conseguiu confirmar a "aliança multicolorida" entre os "blancos", como são conhecidos os apoiadores do Partido Nacional, e os "colorados".

Lacalle Pou se aliou a Ernesto Talvi, do Partido Colorado, e a Guido Manini Rios, do partido Cabildo Abierto. Eles obtiveram, respectivamente 12% e 11% dos votos no primeiro turno. De acordo com a pesquisa Radar, divulgada há poucos dias, entre os que votaram no colorado Talvi, 75% devem apoiar Lacalle Pou, enquanto que apenas 18% pretendem votar em Martínez. E entre os que votaram em Manini Ríos, do Cabildo Aberto, 87% pretendem apoiar Lacalle Pou, enquanto que apenas 8% declaram apoiar Martínez.

Assim, Lacalle Pou, que obteve menos votos que Martínez em primeiro turno, conseguiu virar o jogo. No primeiro turno Martínez obteve 39% dos votos, enquanto Luis Lacalle Pou recebeu 29%.

Regras

No país, o voto é obrigatório para todas as pessoas maiores de 18 anos cadastradas no sistema eleitoral. A votação será definida por maioria simples, ou seja, vence o candidato que obtiver mais votos.

Mais de 7 mil colégios eleitorais em todo o país receberão os votantes, que terão de escolher apenas uma entre as duas cédulas disponíveis - uma de cada candidato -, colocar em um envelope e depositar na urna. As cédulas contêm o nome do candidato, a fotografia e a data da eleição. Serão considerados inválidos os votos que apresentem qualquer objeto estranho dentro do envelope, assim como envelopes com mais de uma cédula ou cédulas com algo escrito, por exemplo.

Os resultados devem começar a ser divulgados a partir das 21h e a Corte Eleitoral acredita que, por volta da meia-noite, terá a apuração completa.

Edição: Fernando Fraga

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Live Jair Bolsonaro 13.08.2020
Política

Bolsonaro: não existe tentativa de furar o teto de gastos

Bolsonaro defendeu a realização de investimentos públicos em áreas sociais e obras de infraestrutura, mas disse que não existe tentativa de "golpe" para "furar o teto".

A partir de hoje (17) estão liberadas as práticas de esportes coletivos como vôlei, futevôlei, beach tennis e futebol nas praias do Rio de Janeiro.
Geral

Senado aprova auxílio de R$ 600 para trabalhadores do esporte

O Senado aprovou hoje um projeto de lei que regulariza o recebimento do auxílio emergencial por funcionários e atletas do setor de esportes.

Edifício sede do Superior Tribunal de Justiça STJ
Justiça

Ministro do STJ revoga prisão domiciliar de Queiroz e esposa

 Fabrício Queiroz é investigado em um suposto esquema de rachadinha na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. 

Vista geral da favela Morro Azul, na zona sul do Rio de Janeiro.
Geral

Rio: 1,4 mil mortes por covid-19 foram em favelas, mostra painel

Número se referem às favelas da capital. O estado do Rio de Janeiro registrou 14.080 óbitos desde a chegada do novo coronavírus no Brasil, dos quais 8.612  na capital.

O TSE aumentou o esquema de segurança para acessar o prédio do tribunal neste domingo
Justiça

TSE adia decisão a respeito de tese sobre abuso de poder religioso

Até o momento, os ministros Alexandre de Moraes e Tarcísio de Carvalho Neto votaram contra a medida. Somente o relator, Edson Fachin, defendeu a tese para punição. 

Escola fechada por cinco dias após relatos de coronavírus.
Justiça

TJRJ determina que escolas se preparem para retorno, mesmo em greve

Decisão diz que 70% dos funcionários do administrativo devem retornar ao trabalho presencial, mesmo durante a greve, para prepararem a volta às aulas.