Filme sul-coreano Parasita faz história e ganha o Oscar 2020

Ele conquistou ainda outras três categorias

Publicado em 10/02/2020 - 08:12 Por NHK (emissora pública de televisão do Japão) - LOS ANGELES

O longa sul-coreano Parasita fez história na cerimônia do Oscar, ontem (9), em Los Angeles, ao se tornar a primeira película em língua estrangeira a obter a premiação de melhor filme, conquistando ainda outras três categorias, incluindo a de melhor diretor.

Nenhum filme estrangeiro jamais havia conquistado a premiação máxima nos 91 anos da academia de cinema.

92nd Academy Awards - Vanity Fair - Beverly Hills/Reuters/Danny Moloshok/Direitos reservados
O diretor Bong Joon-ho, de Parasita, comemora o Oscar de melhor filme Reuters/Danny Moloshok/ direitos reservados

Parasita é uma comédia sarcástica sobre uma pobre família que reside em Seul, na Coréia do Sul, e que alcança um status de classe média alta. Dirigido por Bong Joon-ho, o filme foi aclamado por ilustrar a divisão social existente na Coreia.

A película também conquistou premiações de melhor roteiro original e de melhor filme estrangeiro.

Enquanto isso, Kazu Hiro, nascido no Japão, ganhou seu segundo Oscar na categoria maquiagem e cabelo, por seu trabalho em Bombshell. O filme aborda casos de abuso sexual na emissora de TV Fox News.

O primeiro Oscar da 92.ª edição dos prémios da Academia de Hollywood foi entregue a Brad Pitt como melhor ator secundário, pelo desempenho em Era Uma Vez em... Hollywood, de Quentin Tarantino.

O ator Tom Hanks, pelo desempenho em Um Amigo Extraordinário, Anthony Hopkins, em Dois Papas, Al Pacino, em O Irlandês, e Joe Pesci, em O Irlandês, eram os outros quatro candidatos.

Como foi

A entrega do Oscar de melhor ator secundário abriu a cerimônia de celebração da indústria cinematográfica norte-americana, em Los Angeles, uma solenidade de novo sem apresentador e com Joker, de Todd Phillips, reunindo onze indicações, o maior número da noite, entre as quais as de melhor filme, melhor realizador e melhor banda sonora.

Joker foi seguido de perto por O Irlandês, de Martins Scorsese, Era uma Vez... em Hollywood, Quentin Tarantino, e 1917, de Sam Mendes, com dez indicações cada, entre as quais, as categorias de melhor filme e melhor realização.

A produção brasileira Democracia em vertigem não venceu na categoria documentário. O ganhador neste quesito foi Indústria americana, de Julia Reichert e Steven Bognar.

A 92ª edição do Oscar foi realizada no Dolby Theatre, em Los Angeles, na Califórnia.

Edição: -

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Washington Nunes, handebol, seleção
Esportes

Handebol: Confederação recontrata técnico demitido há um ano

Washington Nunes saiu da seleção masculina após terceiro lugar nos Jogos Pan-americanos de Lima, em 2019.

Justiça

Presidente do TST defende licença parental

Isso retira responsabilidade exclusiva da mãe pelo afastamento devido à maternidade e distribui dever do cuidado como uma forma de estímulo ao pai, diz Cristina Peduzzi.

exame coronavirus COVID-19
Saúde

Rio de Janeiro registra mais 140 óbitos por covid-19 em 24 horas

De acordo com a Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro o estado registrou 172.679 pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Entre eles, 153.966 pacientes se recuperaram.

Dólares - Moeda estrangeira
Economia

Dólar fecha em leve alta em dia de reunião do Copom

Cotação oscilou ao longo do dia, mas fechou próxima da estabilidade no aguardo da decisão do Banco Central. Bolsa subiu 1,57% com divulgação de resultados de empresas.

tainara
Esportes

Osasco anuncia Tainara, e Sesi Bauru confirma volta de Vanessa

Times apresentam as maiores movimentações antes da próxima temporada da superliga feminina de vôlei.

Um trabalhador fica perto de um tanque da empresa estatal de petróleo da Petrobras em Brasília
Economia

Campo de Búzios registra recorde de produção em julho

Esse é o maior campo de petróleo em águas profundas do mundo, segundo a Petrobras. Produção do mês passado foi de 615 mil barris de óleo por dia (bpd).